Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Putin ameaça retaliar se EUA instalarem mísseis na Europa

Em seu discurso sobre o estado da nação, presidente russo faz ataques a Washington e promete apontar seu arsenal para os Estados Unidos e para o continente europeu se mísseis americanos atravessarem o Atlântico.
Deutsch Welle

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, alertou nesta quarta-feira (20/02) que seu país responderá a um possível envio de mísseis americanos à Europa, fazendo com que não apenas os países que receberem esses armamentos se tornem alvos, mas também os Estados Unidos.


Em seu discurso anual sobre o estado da nação em Moscou, Putin elevou o tom ao comentar uma nova e potencial corrida armamentista. Ele afirmou que a reação russa a um possível envio seria rigorosa e que as autoridades em Washington – algumas das quais estariam obcecadas com o "excepcionalismo" americano – deveriam calcular os riscos antes de tomar qualquer medida.

"É o direito deles de pensar da forma que quiserem. Mas eles sabem fazer cálculos? Tenho certeza que sabem. Deixemos que eles cal…

Donetsk responsabiliza OTAN por ataque contra sua cidade

Comando Operacional da autoproclamada República Popular de Donetsk (RPD) acusou os militares da OTAN de terem disparado contra a cidade de Yasinovataya, controlada pela república.


Sputnik


O subcomandante da República Popular de Donetsk, Eduard Basurin, contou aos jornalistas que na manhã desta quarta-feira a cidade foi atacada por morteiros de 120 mm e 82 mm.


Casa destruída por um ataque contra a cidade de Yasinovataya, no leste da Ucrânia
Destruição na cidade de Yasinovataya © Sputnik / Sergei Averin

"Segundo nossos dados, os disparos foram coordenados pelos artilheiros da OTAN que acabaram de chegar [à Ucrânia] para realizar exercícios de campo e treinar forças ucranianas usando radares de contrabateria AN/TPQ, produzidos e fornecidos pelos EUA à Ucrânia", afirmou Basurin.

O subcomandante frisou que os complexos de artilharia já foram instalados a uns quilômetros a norte de Donetsk.

"Os complexos estão instalados nos telhados de alguns edifícios na cidade de Avdeevka [a 6 quilômetros de Donetsk]", comentou Basurin.

O representante da república ressaltou que a RPD cumpre os acordos de Minsk, usando apenas armas permitidas para repelir ataques das forças ucranianas.

Comentários

Postagens mais visitadas