Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Exército sírio bombardeia terroristas restantes no sul do país (VIDEO)

O exército sírio retomou os ataques de artilharia maciços contra os terroristas restantes na região de Tulul al Safa no deserto de As-Suwayda, no sul do país, depois de eles terem violado a trégua, segundo uma fonte do Exército.
Sputnik

De acordo com uma fonte que falou com a Sputnik Árabe, na terça-feira (16), o Exército sírio e os terroristas que ocupam as colinas de Tulul al Safa firmaram um acordo de cessar-fogo, segundo o qual os combatentes da Frente al-Nusra (organização terrorista proibida na Rússia e em vários outros países) se comprometeram a entregar as armas depois de serem cercados e sem saída.


Contudo, na manhã da quarta-feira (17) os terroristas atacaram as unidades do Exército sírio. Por sua vez, os soldados repeliram o ataque com êxito e contra-atacaram. Como resultado, dezenas de militantes foram mortos ou feridos. O Exército resolveu retomar os ataques maciços com peças de artilharia apoiadas do ar, tendo como objetivo eliminar as forças terroristas restantes até a épo…

Donetsk responsabiliza OTAN por ataque contra sua cidade

Comando Operacional da autoproclamada República Popular de Donetsk (RPD) acusou os militares da OTAN de terem disparado contra a cidade de Yasinovataya, controlada pela república.


Sputnik


O subcomandante da República Popular de Donetsk, Eduard Basurin, contou aos jornalistas que na manhã desta quarta-feira a cidade foi atacada por morteiros de 120 mm e 82 mm.


Casa destruída por um ataque contra a cidade de Yasinovataya, no leste da Ucrânia
Destruição na cidade de Yasinovataya © Sputnik / Sergei Averin

"Segundo nossos dados, os disparos foram coordenados pelos artilheiros da OTAN que acabaram de chegar [à Ucrânia] para realizar exercícios de campo e treinar forças ucranianas usando radares de contrabateria AN/TPQ, produzidos e fornecidos pelos EUA à Ucrânia", afirmou Basurin.

O subcomandante frisou que os complexos de artilharia já foram instalados a uns quilômetros a norte de Donetsk.

"Os complexos estão instalados nos telhados de alguns edifícios na cidade de Avdeevka [a 6 quilômetros de Donetsk]", comentou Basurin.

O representante da república ressaltou que a RPD cumpre os acordos de Minsk, usando apenas armas permitidas para repelir ataques das forças ucranianas.

Postar um comentário

Postagens mais visitadas