Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Lançamento do Submarino Riachuelo – S40 (VIDEO)

Hoje, 14 de dezembro, às 10h da manhã em Itaguaí-RJ, teve início a Cerimônia de Lançamento do Submarino Riachuelo, o primeiro de uma série de quatro submarinos convencionais e um nuclear que estão sendo construídos pela Marinha do Brasil. A cerimônia conta com a presença do Presidente da República.
Poder Naval

O nome do primeiro submarino, “Riachuelo”, é alusivo à Batalha Naval do Riachuelo, considerada decisiva na Guerra do Paraguai, com atuação destacada da Marinha do Brasil.


Acompanhe a Cerimônia em tempo real no vídeo no final deste post.
Prosub

O Brasil tem o mar como uma forte referência em todo o seu desenvolvimento. É nessa área marítima que os brasileiros desenvolvem as atividades pesqueiras, o comércio exterior e a exploração de recursos biológicos e minerais. A imensa riqueza das águas, do leito e do subsolo marinho nesse território justifica seu nome: Amazônia Azul.

A Amazônia Azul cobre uma área de 3,5 milhões de quilômetros quadrados. Mas o país pleiteia na Organização das Naç…

Estão preparando provocação de grande escala na Síria, alerta analista

Defesa antiaérea da base russa Hmeymim, situada na Síria, eliminou "alvos aéreos de pequeno porte". Em entrevista ao serviço russo da Rádio Sputnik, um especialista militar comentou a situação.


Sputnik

Sistemas russos de defesa antiaérea em Hmeymim interceptaram vários drones de pequeno porte. A operação não causou vítimas nem danos materiais, segundo representantes da base russa.


Aviões da Força Aeroespacial da Rússia na base de Hmeymim, Síria
Aeronaves russas na base aérea síria de Hmeymim © Foto: Ministério da Defesa da Rússia

"Na madrugada de 24 de abril, sistemas de controle do espaço aéreo da base russa Hmeymim detectaram alvos aéreos de pequeno porte de origem desconhecida. Defesa da base russa eliminou todos os alvos", afirmou à Sputnik uma fonte da base.

No momento, a base aérea está funcionando como de costume.

Anteriormente, a defesa antiaérea já havia repelido ataques de drones a instalações militares da Rússia na Síria. Assim, na madrugada de 6 de janeiro, militares russos interceptaram 13 drones de terroristas que deveriam lançar bombas contra a base Hmeymim e contra o posto de manutenção técnico-militar da Marinha russa em Tartus.

O analista militar, especialista em assuntos de segurança nacional, Aleksandr Zhilin, em entrevista ao serviço russo da Rádio Sputnik, falou sobre possíveis objetivos destas provocações na Síria.

"Caso analisemos as ações de grupos particulares que têm influência sobre o Daesh [organização terrorista proibida na Rússia e em vários outros países], sobre a assim chamada oposição moderada, podemos chegar a conclusão: está em andamento preparo para uma grande provocação", frisou.

"Seus organizadores podem ter como objetivo, por exemplo, provocar um confronto militar direto entre os exércitos do Irã e de Israel, para que no Oriente Médio se desencadeie uma grande guerra. Em seguida, tentarão transformar essa guerra no algoritmo ‘mundo do Ocidente contra o mundo do Islã'", acredita Aleksandr Zhilin.

"Defesa russa está em completa prontidão de combate, protegendo nossas instalações militares. É evidente que a situação não é simples", ressaltou Zhilin.

Postar um comentário

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas