Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Exército sírio bombardeia terroristas restantes no sul do país (VIDEO)

O exército sírio retomou os ataques de artilharia maciços contra os terroristas restantes na região de Tulul al Safa no deserto de As-Suwayda, no sul do país, depois de eles terem violado a trégua, segundo uma fonte do Exército.
Sputnik

De acordo com uma fonte que falou com a Sputnik Árabe, na terça-feira (16), o Exército sírio e os terroristas que ocupam as colinas de Tulul al Safa firmaram um acordo de cessar-fogo, segundo o qual os combatentes da Frente al-Nusra (organização terrorista proibida na Rússia e em vários outros países) se comprometeram a entregar as armas depois de serem cercados e sem saída.


Contudo, na manhã da quarta-feira (17) os terroristas atacaram as unidades do Exército sírio. Por sua vez, os soldados repeliram o ataque com êxito e contra-atacaram. Como resultado, dezenas de militantes foram mortos ou feridos. O Exército resolveu retomar os ataques maciços com peças de artilharia apoiadas do ar, tendo como objetivo eliminar as forças terroristas restantes até a épo…

EUA e Turquia querem resolver conflito de interesses em cidade na Síria

O secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, iniciou seu primeiro dia de trabalho com seu colega turco Mevlut Cavusoglu, com os dois países concordando em negociar o futuro de Manbij, uma cidade síria em que os interesses dos EUA e da Turquia entram em conflito.


Sputnik

"Com base em discussões anteriores sobre Manbij, os dois reafirmaram seu apoio ao processo bilateral estabelecido para encontrar um caminho comum", segundo informações do Departamento de Estado dos EUA. "Eles também discutiram o compromisso dos Estados Unidos em apoiar as preocupações de segurança nacional da Turquia", conclui.


O presidente dos EUA, Donald Trump, conversa com o presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, na chegada entrada da Ala Oeste da Casa Branca, em Washington, EUA, em 16 de maio de 2017.
Donald Trump cumprimenta Recep Tayyip Erdogan © REUTERS / Joshua Roberts

A reunião aconteceu após o juramento de Pompeo como secretário de Estado na quinta-feira (26) após sua confirmação ratificada pelo Senado dos EUA.

Nos Estados Unidos, o presidente Donald Trump está tentando retirar as forças dos EUA da Síria o mais rápido possível. Já a Turquia invadiu o norte da Síria em uma tentativa de deter os esforços dos curdos sírios para estabelecer um distrito autônomo na fronteira sul da Turquia.

Tropas turcas capturaram a cidade síria de Afrin, provocando temores de uma ofensiva em todo o norte da Síria em direção à Manbij.

Postar um comentário

Postagens mais visitadas