Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Especialista: exército sírio deteve 300 militares franceses de diversas patentes

O presidente Vladimir Putin, em conversa com o presidente sírio Bashar Assad, em Sochi, declarou que, devido ao sucesso da luta antiterrorista das forças sírias e ao início do processo político, as tropas estrangeiras deveriam se retirar do território da Síria.
Sputnik

"A declaração de Vladimir Putin durante seu encontro com Bashar Assad, sobre a necessidade da retirada dos contingentes estrangeiros da Síria, arruína os sonhos dos agressores, que contam com a tentativa de realizar seus objetivos na região através de mercenários criminosos", disse à Sputnik Árabe Akram al Shalli, analista da Gestão Síria de Crise e Guerras Preventivas.

"Nas mãos do exército sírio há oficiais dos serviços de inteligência dos EUA, Grã-Bretanha, países árabes e Israel. Por exemplo, só o número de militares franceses de diversos escalões é de 300 pessoas. Notamos tentativas de exercer pressão sobre o governo sírio, inclusive para libertar os militares estrangeiros presos. Mas esses sonhos não p…

EUA e Turquia querem resolver conflito de interesses em cidade na Síria

O secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, iniciou seu primeiro dia de trabalho com seu colega turco Mevlut Cavusoglu, com os dois países concordando em negociar o futuro de Manbij, uma cidade síria em que os interesses dos EUA e da Turquia entram em conflito.


Sputnik

"Com base em discussões anteriores sobre Manbij, os dois reafirmaram seu apoio ao processo bilateral estabelecido para encontrar um caminho comum", segundo informações do Departamento de Estado dos EUA. "Eles também discutiram o compromisso dos Estados Unidos em apoiar as preocupações de segurança nacional da Turquia", conclui.


O presidente dos EUA, Donald Trump, conversa com o presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, na chegada entrada da Ala Oeste da Casa Branca, em Washington, EUA, em 16 de maio de 2017.
Donald Trump cumprimenta Recep Tayyip Erdogan © REUTERS / Joshua Roberts

A reunião aconteceu após o juramento de Pompeo como secretário de Estado na quinta-feira (26) após sua confirmação ratificada pelo Senado dos EUA.

Nos Estados Unidos, o presidente Donald Trump está tentando retirar as forças dos EUA da Síria o mais rápido possível. Já a Turquia invadiu o norte da Síria em uma tentativa de deter os esforços dos curdos sírios para estabelecer um distrito autônomo na fronteira sul da Turquia.

Tropas turcas capturaram a cidade síria de Afrin, provocando temores de uma ofensiva em todo o norte da Síria em direção à Manbij.

Postar um comentário