Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

EUA vão suspender Tratado INF se Rússia não cumprir acordo, diz vice-secretário de Estado

Os EUA vão suspender suas obrigações no Tratado INF, que trata a respeito armas nucleares de médio alcance, no dia 2 de fevereiro se a Rússia não apresentar provas de que está cumprindo o acordo, disse o vice-secretário de Estado.
Sputnik

Em outubro, o presidente dos EUA anunciou que seu país abandonaria o Tratado INF, assinado pelos Estados Unidos e pela União Soviética em 1987.


Trump argumentou que Moscou estava desenvolvendo mísseis que violam esse pacto.

Em 4 de dezembro, o secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, disse que Washington suspenderia sua adesão ao INF no prazo de 60 dias se a Rússia não voltasse a cumprir suas obrigações.

No entanto, a Rússia nega categoricamente todas as acusações. O líder russo, Vladimir Putin, declarou que Moscou se opõe à violação do Tratado INF, mas responderá se isso acontecer.

Ex-presidente da URSS sobre golpe contra Síria: é treinamento antes de disparar a sério

O ataque com mísseis realizado por Washington e seus aliados parece um treinamento antes de iniciar um combate real, declarou o primeiro e único presidente da URSS, Mikhail Gorbachev.


Sputnik

Em entrevista à emissora letã Baltkom, o ex-líder soviético (1990-1991) opinou que ninguém precisa do ataque na forma em que foi realizado.


PrédioPrédios destruidos após ataque aéreo da coalizão internacional liderada pelos EUA na Síria (foto de arquivo)
Prédios na Síria destruídos após ataque da coalizão liderada pelos EUA © AFP 2018 / AHMAD ABOUD

"Acredito que ninguém precisa do ataque da maneira em que foi realizado e em que é apresentado. Parece mais um treinamento antes de começar a disparar a sério. É inaceitável, não resultará em nada de bom", afirmou Gorbachev.

Na madrugada de sábado (14), o Reino Unido, os Estados Unidos e a França lançaram ataques contra a Síria em retaliação a um suposto ataque químico na cidade de Douma, atingindo instalações sírias governamentais onde supostamente eram produzidas armas químicas. Os aliados lançaram mais de 100 mísseis, 71 dos quais foram interceptados pelo sistema de defesa aérea sírio.

Comentando o ataque, Donald Trump elogiou a operação conjunta realizada pelas forças dos três países, dizendo que "a missão está cumprida".

Postar um comentário

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas