Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Defesa russa: avião Il-20 foi derrubado por mísseis sírios S-200

De acordo com o ministério russo, o sistema de defesa aérea sírio tentava atacar um avião de Israel. No entanto, a tripulação israelense fez uma manobra especial para se proteger, e o míssil acabou atingindo acidentalmente o avião russo Il-20.
Sputnik

O avião Il-20 desapareceu dos radares em 17 de setembro, por volta das 23h do horário de Moscou, (17h em Brasília) durante o retorno planejado à base aérea de Hmeymim, acima do território do mar Mediterrâneo, a 35 quilômetros da costa da Síria, informou o comunicado do Ministério da Defesa da Rússia. O represente oficial da Defesa russa, Igor Konashenkov sublinhou que os aviões israelenses "propositalmente criaram uma situação perigosa para navios e aviões nessa região".

Na opinião dele, para evitar o ataque sírio, a tripulação israelense acabou tornando o Ilyushin-20 alvo de ataque.

"Ao tentarem proteger-se com ajuda do avião russo, os pilotos israelenses o puseram debaixo de fogo do sistema de defesa antiaérea da Síria"…

Ex-presidente da URSS sobre golpe contra Síria: é treinamento antes de disparar a sério

O ataque com mísseis realizado por Washington e seus aliados parece um treinamento antes de iniciar um combate real, declarou o primeiro e único presidente da URSS, Mikhail Gorbachev.


Sputnik

Em entrevista à emissora letã Baltkom, o ex-líder soviético (1990-1991) opinou que ninguém precisa do ataque na forma em que foi realizado.


PrédioPrédios destruidos após ataque aéreo da coalizão internacional liderada pelos EUA na Síria (foto de arquivo)
Prédios na Síria destruídos após ataque da coalizão liderada pelos EUA © AFP 2018 / AHMAD ABOUD

"Acredito que ninguém precisa do ataque da maneira em que foi realizado e em que é apresentado. Parece mais um treinamento antes de começar a disparar a sério. É inaceitável, não resultará em nada de bom", afirmou Gorbachev.

Na madrugada de sábado (14), o Reino Unido, os Estados Unidos e a França lançaram ataques contra a Síria em retaliação a um suposto ataque químico na cidade de Douma, atingindo instalações sírias governamentais onde supostamente eram produzidas armas químicas. Os aliados lançaram mais de 100 mísseis, 71 dos quais foram interceptados pelo sistema de defesa aérea sírio.

Comentando o ataque, Donald Trump elogiou a operação conjunta realizada pelas forças dos três países, dizendo que "a missão está cumprida".

Postar um comentário

Postagens mais visitadas