Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Revista americana compara táticas de uso de robôs militares da Rússia e dos EUA

Depois dos testes do veículo de combate robótico Uran-9 na Síria, especialistas militares dos EUA analisaram o papel e o conceito de utilização de robôs em combate, tendo ainda comparado as caraterísticas dos robôs militares russos e norte-americanos.
Sputnik

Antes de tudo, o analista militar Charlie Gao da revista The National Interest prestou atenção à diferença fundamental na filosofia de planejamento militar dos EUA e da Rússia. 

Por exemplo, o Pentágono destaca cinco aplicações potenciais dos robôs. Entre elas estão a vigilância, o abastecimento de tropas, o apoio às tarefas cognitivas e físicas dos soldados, o aumento das capacidades de manobra, bem como a proteção das Forças Armadas. O exército norte-americano utiliza os robôs principalmente em tarefas auxiliares e de transporte de cargos.

Por sua vez, o Estado-Maior russo prevê usar os robôs em missões ofensivas, em ataques de vanguarda ou para neutralizar as posições do adversário em colaboração com as tropas convencionais.

"…

Forças Armadas sírias: base de Shayrat foi atacada por Israel

As Forças Armadas da Síria afirmaram que foi Israel quem lançou mísseis contra base de Shayrat na província de Homs, comunicou o portal de notícias Al-Masdar.


Sputnik

O Exército israelense ainda não comentou as informações.


Base aérea de Shayrat na Síria (foto de arquivo)
Sukhoi Su-22 sírio na base aérea Shayrat © Sputnik / Mikhail Voskresenskiy

O portal indica que os aviões atravessaram a fronteira da Síria a partir do Líbano, supondo-se que se tratou de aviões israelenses.

Na madrugada de 17 (horário local), a mídia informou que os sistemas de defesa antiaérea sírios repeliram um ataque perto da cidade de Homs.

Segundo várias fontes, os militares sírios interceptaram cerca de 10 mísseis lançados contra a base aérea de Shayrat. O canal de TV Al-Mayadeen comunicou que o ataque não provocou vítimas mortais nem causou danos materiais, pois a defesa antiaérea síria interceptou todos os mísseis lançados.

Comentando os relatos sobre o ataque, um representante do Pentágono disse à Sputnik que os EUA não estão realizando operações militares perto da base de Shayrat.

Mais tarde, a mídia árabe, citando fontes no exército sírio, informou sobre outro ataque com três mísseis contra o aeródromo de Al-Dumayr a 50 quilômetros de Damasco.

De acordo com o canal Al-Mayadeen, o aeródromo foi atacado enquanto lá estavam discutindo um acordo para a saída dos militantes dessa área. O canal informou que deste ataque também não resultaram vítimas, tendo os mísseis sido interceptados pelos sistemas de defesa antiaérea.

Postar um comentário

Postagens mais visitadas