Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

EUA vão suspender Tratado INF se Rússia não cumprir acordo, diz vice-secretário de Estado

Os EUA vão suspender suas obrigações no Tratado INF, que trata a respeito armas nucleares de médio alcance, no dia 2 de fevereiro se a Rússia não apresentar provas de que está cumprindo o acordo, disse o vice-secretário de Estado.
Sputnik

Em outubro, o presidente dos EUA anunciou que seu país abandonaria o Tratado INF, assinado pelos Estados Unidos e pela União Soviética em 1987.


Trump argumentou que Moscou estava desenvolvendo mísseis que violam esse pacto.

Em 4 de dezembro, o secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, disse que Washington suspenderia sua adesão ao INF no prazo de 60 dias se a Rússia não voltasse a cumprir suas obrigações.

No entanto, a Rússia nega categoricamente todas as acusações. O líder russo, Vladimir Putin, declarou que Moscou se opõe à violação do Tratado INF, mas responderá se isso acontecer.

General brasileiro vai comandar missão de paz da ONU na RD Congo

Elias Rodrigues Martins Filho, de Fortaleza, substitui Derrick Mbuyiselo Mgwebi, da África do Sul; atualmente, ele é o chefe do Escritório das Organizações Internacionais, no Ministério da Defesa.


Monica Grayley | ONU

O secretário-geral da ONU, António Guterres, nomeou o general brasileiro Elias Rodrigues Martins Filho como novo comandante da Missão de Paz das Nações Unidas na República Democrática do Congo, Monusco.


Missão de Paz das Nações Unidas na República Democrática do Congo, Monusco | ONU/Abel Kavanagh

O general atualmente ocupa a chefia do Escritório das Organizações Internacionais do Ministério da Defesa. Ele tem mais de 35 anos de experiência nas Forças Armadas e já serviu nas Nações Unidas em Nova Iorque.

Angola

Na nota sobre a nomeação, o secretário-geral agradeceu ao ex-comandante da Monusco, Derrick Mbuyiselo Mgwebi, da África do Sul.

O general brasileiro, nascido em Fortaleza, ocupou entre outros cargos, o de chefe de inteligência do Ministério da Defesa do Brasil e de Oficial de Comando do Batalhão da Guarda Presidencial, de 2009 a 2011.

Elias Rodrigues Martins Filho também foi o encarregado de planejamento do Departamento das Operações de Paz entre 2005 e 2008, e vice conselheiro militar da Missão Permanente do Brasil, em Nova Iorque. Na década de 1990, ele serviu na Missão III da ONU de Verificação em Angola.

Martins Filho é pós-graduado em Relações Internacionais e formado pela Escola Superior de Guerra. Ele será o segundo comandante brasileiro da Monusco. O primeiro foi o general Carlos Alberto dos Santos Cruz.

Martins Filho conversou com a ONU News, de Brasília, e falou sobre a expetativas para seu novo cargo. Ouça a entrevista na íntegra aqui.

Postar um comentário

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas