Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Defesa russa: avião Il-20 foi derrubado por mísseis sírios S-200

De acordo com o ministério russo, o sistema de defesa aérea sírio tentava atacar um avião de Israel. No entanto, a tripulação israelense fez uma manobra especial para se proteger, e o míssil acabou atingindo acidentalmente o avião russo Il-20.
Sputnik

O avião Il-20 desapareceu dos radares em 17 de setembro, por volta das 23h do horário de Moscou, (17h em Brasília) durante o retorno planejado à base aérea de Hmeymim, acima do território do mar Mediterrâneo, a 35 quilômetros da costa da Síria, informou o comunicado do Ministério da Defesa da Rússia. O represente oficial da Defesa russa, Igor Konashenkov sublinhou que os aviões israelenses "propositalmente criaram uma situação perigosa para navios e aviões nessa região".

Na opinião dele, para evitar o ataque sírio, a tripulação israelense acabou tornando o Ilyushin-20 alvo de ataque.

"Ao tentarem proteger-se com ajuda do avião russo, os pilotos israelenses o puseram debaixo de fogo do sistema de defesa antiaérea da Síria"…

General brasileiro vai comandar missão de paz da ONU na RD Congo

Elias Rodrigues Martins Filho, de Fortaleza, substitui Derrick Mbuyiselo Mgwebi, da África do Sul; atualmente, ele é o chefe do Escritório das Organizações Internacionais, no Ministério da Defesa.


Monica Grayley | ONU

O secretário-geral da ONU, António Guterres, nomeou o general brasileiro Elias Rodrigues Martins Filho como novo comandante da Missão de Paz das Nações Unidas na República Democrática do Congo, Monusco.


Missão de Paz das Nações Unidas na República Democrática do Congo, Monusco | ONU/Abel Kavanagh

O general atualmente ocupa a chefia do Escritório das Organizações Internacionais do Ministério da Defesa. Ele tem mais de 35 anos de experiência nas Forças Armadas e já serviu nas Nações Unidas em Nova Iorque.

Angola

Na nota sobre a nomeação, o secretário-geral agradeceu ao ex-comandante da Monusco, Derrick Mbuyiselo Mgwebi, da África do Sul.

O general brasileiro, nascido em Fortaleza, ocupou entre outros cargos, o de chefe de inteligência do Ministério da Defesa do Brasil e de Oficial de Comando do Batalhão da Guarda Presidencial, de 2009 a 2011.

Elias Rodrigues Martins Filho também foi o encarregado de planejamento do Departamento das Operações de Paz entre 2005 e 2008, e vice conselheiro militar da Missão Permanente do Brasil, em Nova Iorque. Na década de 1990, ele serviu na Missão III da ONU de Verificação em Angola.

Martins Filho é pós-graduado em Relações Internacionais e formado pela Escola Superior de Guerra. Ele será o segundo comandante brasileiro da Monusco. O primeiro foi o general Carlos Alberto dos Santos Cruz.

Martins Filho conversou com a ONU News, de Brasília, e falou sobre a expetativas para seu novo cargo. Ouça a entrevista na íntegra aqui.

Postar um comentário

Postagens mais visitadas