Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Governo saudita diz que rei e príncipe herdeiro são 'linha vermelha'

O ministro de Relações Exteriores saudita, Adel al-Jubeir, afirmou que o rei Salman bin Abdulaziz e o príncipe Mohammed Bin Salman são uma "linha vermelha" para a Arábia Saudita e rejeitou o suposto envolvimento do herdeiro da coroa saudita no assassinato do jornalista Jamal Khashoggi.
EFE

Riad - "A liderança do reino da Arábia Saudita representada nas guardas das duas mesquitas sagradas (o rei) e o príncipe herdeiro são uma linha vermelha e não permitiremos tentativa algum de atacar nossos líderes", afirmou Al-Jubeir em entrevista publicada nesta terça-feira o jornal árabe internacional "Asharq Al-Awsat".


"Atacar os líderes do reino é tocar em todos os cidadãos", acrescentou.

O ministro fazia alusão às versões que vinculam o príncipe Mohammed com a morte do jornalista no consulado saudita em Istambul em 2 de outubro.

Veículos de imprensa americanos informaram na sexta-feira que a CIA tinha concluído que o herdeiro saudita ordenou o assassinato de Kh…

General brasileiro vai comandar missão de paz da ONU na RD Congo

Elias Rodrigues Martins Filho, de Fortaleza, substitui Derrick Mbuyiselo Mgwebi, da África do Sul; atualmente, ele é o chefe do Escritório das Organizações Internacionais, no Ministério da Defesa.


Monica Grayley | ONU

O secretário-geral da ONU, António Guterres, nomeou o general brasileiro Elias Rodrigues Martins Filho como novo comandante da Missão de Paz das Nações Unidas na República Democrática do Congo, Monusco.


Missão de Paz das Nações Unidas na República Democrática do Congo, Monusco | ONU/Abel Kavanagh

O general atualmente ocupa a chefia do Escritório das Organizações Internacionais do Ministério da Defesa. Ele tem mais de 35 anos de experiência nas Forças Armadas e já serviu nas Nações Unidas em Nova Iorque.

Angola

Na nota sobre a nomeação, o secretário-geral agradeceu ao ex-comandante da Monusco, Derrick Mbuyiselo Mgwebi, da África do Sul.

O general brasileiro, nascido em Fortaleza, ocupou entre outros cargos, o de chefe de inteligência do Ministério da Defesa do Brasil e de Oficial de Comando do Batalhão da Guarda Presidencial, de 2009 a 2011.

Elias Rodrigues Martins Filho também foi o encarregado de planejamento do Departamento das Operações de Paz entre 2005 e 2008, e vice conselheiro militar da Missão Permanente do Brasil, em Nova Iorque. Na década de 1990, ele serviu na Missão III da ONU de Verificação em Angola.

Martins Filho é pós-graduado em Relações Internacionais e formado pela Escola Superior de Guerra. Ele será o segundo comandante brasileiro da Monusco. O primeiro foi o general Carlos Alberto dos Santos Cruz.

Martins Filho conversou com a ONU News, de Brasília, e falou sobre a expetativas para seu novo cargo. Ouça a entrevista na íntegra aqui.

Postar um comentário

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas