Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Especialista: exército sírio deteve 300 militares franceses de diversas patentes

O presidente Vladimir Putin, em conversa com o presidente sírio Bashar Assad, em Sochi, declarou que, devido ao sucesso da luta antiterrorista das forças sírias e ao início do processo político, as tropas estrangeiras deveriam se retirar do território da Síria.
Sputnik

"A declaração de Vladimir Putin durante seu encontro com Bashar Assad, sobre a necessidade da retirada dos contingentes estrangeiros da Síria, arruína os sonhos dos agressores, que contam com a tentativa de realizar seus objetivos na região através de mercenários criminosos", disse à Sputnik Árabe Akram al Shalli, analista da Gestão Síria de Crise e Guerras Preventivas.

"Nas mãos do exército sírio há oficiais dos serviços de inteligência dos EUA, Grã-Bretanha, países árabes e Israel. Por exemplo, só o número de militares franceses de diversos escalões é de 300 pessoas. Notamos tentativas de exercer pressão sobre o governo sírio, inclusive para libertar os militares estrangeiros presos. Mas esses sonhos não p…

Iémen: Ataques da coligação saudita provocam dezenas de vítimas num casamento

Dezenas de pessoas que participavam num casamento no Iémen foram mortas ou feridas em ataques aéreos sauditas.


Pars Today

O balanço, que entre 23 e 33 mortos, e 40 a 55 feridos, foram fornecidos hoje por diferentes fontes médicas e da administração local, enquanto as circunstâncias exatas dos 'raides' que ocorreram na noite de domingo em Bani Qais, província de Hajja, a noroeste da capital Sanaa, ainda não foram estabelecidos.


Iémen: Ataques da coligação saudita provocam dezenas de vítimas num casamento
Reprodução

Os Médicos sem Fronteiras (MSF) indicaram que o hospital de Hajja, apoiado por esta organização, admitiu 63 feridos, incluindo crianças, "alguns em estado crítico". Os ataques aéreos "foram dos mais devastadores na região nos últimos meses", afirmaram os MSF.

Este ataque não foi o primeiro efetuado contra festas de casamento, em ataques atribuídos aos sauditas e aliados da coligação.

Postar um comentário