Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Brasil comemora 20 anos do fim do conflito entre Peru e Equador

O Brasil irá comemorar nesta terça-feira os 20 anos do fim dos conflitos na fronteira entre Peru e Equador, que se prolongaram por quase 170 anos e que causaram várias guerras, tensões e enfrentamentos entre ambos os países.
EFE

Brasília - O Acordo Global e Definitivo de Paz entre Equador e Peru foi assinado em 26 de outubro de 1998 em Brasília, que voltará a ser palco de um encontro entre representantes dessas duas nações, mas agora para reafirmar "o valor e a eficácia da diplomacia e da solução pacífica de controvérsias", diz o comunicado do Ministério das Relações Exteriores.

A cerimônia contará com a participação do equatoriano José Ayala Lasso e do peruano Fernando de Trazegnies Granda, que eram os chanceleres de seus países na ocasião da assinatura e tiveram participação ativa nas negociações, e será presidido pelo ministro das Relações Exteriores Aloysio Nunes.

Segundo a nota oficial, a comemoração "também evidencia, uma vez mais, a capacidade regional de responder e…

Iêmen dispara 8 mísseis contra alvos da Arábia Saudita

A unidade de mísseis iemenitas e os comitês populares tinham como alvo posições sauditas em Jizan com 8 mísseis.



Pars Today

Os mísseis eram Badr1 e atingiram lugares econômicos e importantes em Jizan, no sul do país.


Resultado de imagem para Iêmen dispara 8 mísseis contra alvos da Arábia Saudita

A Arábia Saudita e seus aliados regionais atacaram o Iêmen em março de 2015 para trazer de volta ao poder o presidente deposto do Iêmen Abdrabbuh Mansour Hadi.

Milhares de iemenitas foram mortos nos ataques da coalizão saudita-americana e mais de 2.000 morreram devido a uma epidemia de cólera.

Os sauditas, em seu último crime de guerra no Iêmen, bombardearam uma festa de casamento em Hajjah e mataram dezenas de civis inocentes, incluindo crianças.

Uma coalizão liderada pela Arábia Saudita que opera no Iêmen lançou dezenas de ataques aéreos em um campo rebelde em Sanaa, matando vários líderes Ansarullah, informou a mídia saudita no sábado.

A coalizão atingiu o campo de Najda perto do Ministério da Defesa no norte de Sanaa, assim como o prédio do governo no bairro de Sabin e um escritório de inteligência política, disse o jornal Sabk.

Postar um comentário

Postagens mais visitadas