Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Lançamento do Submarino Riachuelo – S40 (VIDEO)

Hoje, 14 de dezembro, às 10h da manhã em Itaguaí-RJ, teve início a Cerimônia de Lançamento do Submarino Riachuelo, o primeiro de uma série de quatro submarinos convencionais e um nuclear que estão sendo construídos pela Marinha do Brasil. A cerimônia conta com a presença do Presidente da República.
Poder Naval

O nome do primeiro submarino, “Riachuelo”, é alusivo à Batalha Naval do Riachuelo, considerada decisiva na Guerra do Paraguai, com atuação destacada da Marinha do Brasil.


Acompanhe a Cerimônia em tempo real no vídeo no final deste post.
Prosub

O Brasil tem o mar como uma forte referência em todo o seu desenvolvimento. É nessa área marítima que os brasileiros desenvolvem as atividades pesqueiras, o comércio exterior e a exploração de recursos biológicos e minerais. A imensa riqueza das águas, do leito e do subsolo marinho nesse território justifica seu nome: Amazônia Azul.

A Amazônia Azul cobre uma área de 3,5 milhões de quilômetros quadrados. Mas o país pleiteia na Organização das Naç…

Índia se retira do projeto e priva Rússia do Su-57

Índia abandonou o programa conjunto com a Rússia do Caça de Quinta Geração (FGFA), que previa a construção do primeiro caça indiano de 5ª geração baseado no caça Su-57.


Sputnik

As autoridades indianas, incluindo o conselheiro de Segurança Nacional, Ajit Doval, e o ministro da Defesa, Sanjay Mitra, comunicaram às autoridades russas sobre a sua decisão, comunica Janes


Caça russo da quinta geração Su-57
Sukhoi Su-57 © Sputnik / Vladimir Astapkovich

A razão para cancelar o programa de 11 anos da Força Aérea da Índia se deve às diferenças insuperáveis em questões tecnológicas e financeiras. Enquanto isso, as autoridades indianas afirmam que a Índia poderia, em uma data posterior, rever o projeto FGFA e, inclusive, adquirir caças Su-57, uma vez que a Rússia cumpra as exigências indianas.

Os militares indianos consideram que o caça russo não atende aos requisitos de furtividade declarados. Além disso, a aviônica de combate, radares e sensores russos não cumprem os padrões para uma aeronave de combate de quinta geração.

O programa FGFA foi lançado em 2007, suas principais empresas contratadas foram a Sukhoi russa e a Hindustan Aeronautics indiana. As partes acordaram a criação de um caça de quinta geração com base no Su-57. Na primeira fase do programa, no valor de US$ 295 milhões (cerca de R$ 1 bilhão), foi desenvolvido o design do caça indiano, mas o projeto FGFA não avançou devido às muitas divergências que surgiram entre as partes.

A Rússia considerava a parceira com a Índia para criar um caça de quinta geração como a principal fonte de financiamento da produção em série do Su-57. Em abril de 2018, foi relatado que a Rússia havia completado a modernização do motor desatualizado para o Su-57.

Postar um comentário

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas