Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Putin passa para Trump a responsabilidade de resolver conflito na Síria

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, passou a bola para que o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, seja o responsável por resolver o conflito na Síria.
EFE

Helsinque - Em entrevista coletiva conjunta realizada nesta segunda-feira, em Helsinque, após a primeira cúpula entre os dois líderes, Putin também deu para Trump uma bola oficial da Copa do Mundo.

"No que se refere ao fato de a bola da Síria estar no nosso telhado, senhor presidente, o senhor acaba de dizer que organizamos com sucesso o Mundial de Futebol. Portanto, quero agora entregar esta bola. Agora, a bola está do seu lado", disse Putin.

O presidente russo fazia uma referência a uma frase do secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, que havia afirmado que a bola para resolver o conflito na Síria estava no telhado do Kremlin.

Trump agradeceu pelo presente e disse estar confiante de que EUA, México e Canadá organizarão em 2026 uma Copa do Mundo tão bem-sucedida como a da Rússia.

Na sequência, o presidente americ…

Irã e Alemanha pedem resolução diplomática da crise na Síria

O ministro das Relações Exteriores, Mohammad Javad Zarif, e seu colega alemão, Heiko Maas, em uma conversa por telefone na sexta-feira, ressaltaram a necessidade de uma solução política para a crise na Síria.


Pars Today

Durante a conversa por telefone, Zarif condenou qualquer uso de armas químicas na Síria, ressaltando a necessidade de uma investigação imparcial e internacional sobre o assunto.


Irã e Alemanha pedem resolução diplomática da crise na Síria
Mohammad Javad Zarif e Heiko Maas | Reprodução

Ele também alertou sobre os riscos de quaisquer ações militares sob falsas desculpas contra a paz e a estabilidade na região.

O programa de defesa antimísseis do Irã e os desenvolvimentos regionais foram entre outros tópicos que os dois ministros discutiram durante a conversa telefônica, ambos enfatizando que o programa de mísseis do Irã não tem nada a ver com o acordo nuclear do Irã, oficialmente conhecido como Plano de Ação Compreensivo Conjunto (JCPOA).

Enfatizando a necessidade de que todas as partes permaneçam comprometidas com suas obrigações sob o acordo, ele também pediu que a Europa pressione os Estados Unidos para que cumpram o acordo.

Denunciando políticas erradas dos EUA sobre despejar todo tipo de armas na região, apoiando terroristas e ações contra o povo iemenita, Zarif também disse que tais políticas são a causa da instabilidade e insegurança na região.

Zarif também felicitou Maas por sua nomeação como ministro das Relações Exteriores alemão e desejou-lhe sucesso.

Postar um comentário

Postagens mais visitadas