Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

China: 'Relatório do Pentágono distorce nossas intenções estratégicas'

A China rejeita firmemente as conclusões do relatório do Departamento de Defesa dos EUA sobre a situação militar e de segurança no país asiático, disse em comunicado o porta-voz do Ministério da Defesa chinês, Lu Kang.
Sputnik

"Em 17 de agosto, o Departamento de Defesa dos Estados Unidos divulgou o relatório sobre a situação militar e de segurança na China, interpretando mal as intenções estratégicas da China e apresentando a chamada ‘ameaça militar chinesa' […] Os militares chineses expressam sua firme oposição a esse respeito", diz a declaração.

"As alegações do relatório dos EUA são pura especulação", disse Kang, explicando que o programa de modernização do Exército chinês se destina a defender "os interesses da soberania, segurança e desenvolvimento do país" e para "providenciar a paz, estabilidade e prosperidade globais".

O porta-voz do ministério chinês também reiterou a posição firme de seu país em relação a Taiwan, que ele definiu como u…

Irã e Rússia, para continuar a cooperação em nível estratégico

Os laços estratégicos entre Teerã e Moscou estão alinhados com a promoção da estabilidade e segurança na região e no mundo, disse o presidente iraniano, Hassan Rouhani.


Pars Today

O presidente Rouhani fez os comentários na quarta-feira em uma reunião com seu colega russo, Vladimir Putin, que foi realizada à margem das conversações trilaterais sobre a crise na Síria.


Irã, Rússia, para continuar a cooperação em nível estratégico
O presidente Hassan Rouhani fez os comentários na quarta-feira em uma reunião com seu colega russo, Vladimir Putin

Ele parabenizou a reeleição de Putin como presidente da Rússia.

Segurança e estabilidade na Síria, o retorno dos refugiados sírios e a tentativa de reformular o futuro da Síria pelos votos das pessoas estão entre os objetivos importantes da reunião de Ancara, disse o presidente Rouhani.

Enfatizando o fato de que todas as partes deveriam se comprometer com o acordo nuclear do Irã conhecido como Plano de Ação Compreensivo Conjunto (JCPOA), ele disse que se não pudermos aproveitar o JCPOA, adotaríamos uma nova decisão.

Em outras palavras, o presidente Rouhani pediu aos dois lados que façam esforços para impedir o bombardeio ea morte de pessoas no Iêmen e para suprir as necessidades alimentares e médicas do povo.

Enquanto isso, o presidente Putin se referiu à cooperação positiva e estreita entre Irã e Rússia em questões bilaterais e internacionais, especialmente na Síria.

Ele reiterou a importância de manter conversas permanentes entre os funcionários de ambos os países, de acordo com o desenvolvimento dos laços entre Teerã e Moscou.

A Rússia está disposta a investir mais nos setores econômicos do Irã, acrescentou.

O presidente Putin pediu aos dois países que reforcem as interações bancárias para usar as moedas nacionais nas interações comerciais.

O presidente russo sublinhou o compromisso do Irã com o JCPOA, dizendo que o compromisso de todas as partes no acordo nuclear é necessário e que a comunidade internacional deve apoiá-lo.

Qualquer golpe no acordo nuclear do Irã será considerado um dano à diplomacia em nível regional e internacional.

O Irã é uma potência regional e tem pessoas inteligentes, disse o presidente Putin, acrescentando que o país deve desfrutar de seu status, direitos e interesses na região e no mundo também.

Postar um comentário

Postagens mais visitadas