Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Executiva da Huawei deixa a prisão após pagar fiança no Canadá; ex-diplomata canadense é preso na China

Justiça aceitou pedido da chinesa, que foi detida a pedido dos Estados Unidos e corria risco de extradição. Fiança estipulada fixada em US$ 7,5 milhões.
Por G1

A diretora financeira da Huawei, Meng Wanzhou, foi solta nesta quarta-feira (12) depois de passar 11 dias presa no Canadá.

A executiva teve aceito o pedido de liberdade condicional, por um juiz canadense. O valor da fiança foi fixado em 10 milhões de dólares canadenses (US$ 7,5 milhões).

Meng saiu da prisão poucas horas depois da ordem do juiz, informou o canal Global News.

"O risco de que não se apresente perante o tribunal (para uma audiência de extradição) pode ser reduzido a um nível aceitável, impondo as condições de fiança propostas por seu assessor", disse o juiz, aplaudido na sala do tribunal pelos partidários da empresa chinesa, informa a France Presse.

As condições de libertação incluem a entrega de seus dois passaportes, que permaneça em uma de suas residências de Vancouver e use tornozeleira eletrônica. Além dis…

Irã e Rússia, para continuar a cooperação em nível estratégico

Os laços estratégicos entre Teerã e Moscou estão alinhados com a promoção da estabilidade e segurança na região e no mundo, disse o presidente iraniano, Hassan Rouhani.


Pars Today

O presidente Rouhani fez os comentários na quarta-feira em uma reunião com seu colega russo, Vladimir Putin, que foi realizada à margem das conversações trilaterais sobre a crise na Síria.


Irã, Rússia, para continuar a cooperação em nível estratégico
O presidente Hassan Rouhani fez os comentários na quarta-feira em uma reunião com seu colega russo, Vladimir Putin

Ele parabenizou a reeleição de Putin como presidente da Rússia.

Segurança e estabilidade na Síria, o retorno dos refugiados sírios e a tentativa de reformular o futuro da Síria pelos votos das pessoas estão entre os objetivos importantes da reunião de Ancara, disse o presidente Rouhani.

Enfatizando o fato de que todas as partes deveriam se comprometer com o acordo nuclear do Irã conhecido como Plano de Ação Compreensivo Conjunto (JCPOA), ele disse que se não pudermos aproveitar o JCPOA, adotaríamos uma nova decisão.

Em outras palavras, o presidente Rouhani pediu aos dois lados que façam esforços para impedir o bombardeio ea morte de pessoas no Iêmen e para suprir as necessidades alimentares e médicas do povo.

Enquanto isso, o presidente Putin se referiu à cooperação positiva e estreita entre Irã e Rússia em questões bilaterais e internacionais, especialmente na Síria.

Ele reiterou a importância de manter conversas permanentes entre os funcionários de ambos os países, de acordo com o desenvolvimento dos laços entre Teerã e Moscou.

A Rússia está disposta a investir mais nos setores econômicos do Irã, acrescentou.

O presidente Putin pediu aos dois países que reforcem as interações bancárias para usar as moedas nacionais nas interações comerciais.

O presidente russo sublinhou o compromisso do Irã com o JCPOA, dizendo que o compromisso de todas as partes no acordo nuclear é necessário e que a comunidade internacional deve apoiá-lo.

Qualquer golpe no acordo nuclear do Irã será considerado um dano à diplomacia em nível regional e internacional.

O Irã é uma potência regional e tem pessoas inteligentes, disse o presidente Putin, acrescentando que o país deve desfrutar de seu status, direitos e interesses na região e no mundo também.

Postar um comentário

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas