Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Rússia testará novo avião de transporte militar até o final do ano

Il-112V deverá substituir modelos soviéticos An-24 e An-26, considerados obsoletos.
Nikolai Litôvkin | Russia Beyond

A nova aeronave de transporte militar Il-112V completou os testes de fábrica e está sendo preparada para o primeiro voo, que está previsto para o final de 2018.


Caso os testes sejam bem sucedidos, o Il-112V substituirá nas Forças Armadas russas os modelos An-24 e An-26, desenvolvidos no início dos anos 1960.

O Ilyushin Il-112 é um avião de transporte militar leve de asa alta que está sendo desenvolvido pela Ilyushin Aviation Complex para transporte de cargas militares, equipamentos e pessoal.

Sua capacidade de carga máxima "útil" a bordo será de até cinco toneladas.

Os projetistas pretendem desenvolver duas versões do avião: uma com hangares estendidos para o transporte de equipamentos militares, carga e soldados; e outra, civil, para o transporte de passageiros e carga leve.

O Il-112V é um monoplano com configuração aerodinâmica tradicional e dois poderosos motores…

Irã enfatiza diálogo regional para a paz sustentável

O Irã sempre ofereceu um diálogo regional para enfrentar os desafios antes de sustentar a paz, de acordo com o ministro das Relações Exteriores do Irã na reunião da ONU sobre a construção da paz e a manutenção da paz.


Pars Today

Em seu discurso na reunião da ONU, Zarif deu as boas-vindas ao tema da reunião, já que o Oriente Médio foi atingido por conflitos mais do que quaisquer outras regiões.


Irã enfatiza diálogo regional para a paz sustentável
Ministro das Relações Exteriores do Irã Mohammad Javad Zarif | Reprodução

Ele enfatizou que a prevenção da guerra requer foco nas causas e origens, incluindo fatores como ocupação, intervenção estrangeira e extremismo.

O ministro das Relações Exteriores iraniano disse que as potências hegemônicas e suas tentativas de obter segurança às custas de outros por meio do monopólio e da criação de blocos regionais intensificam os conflitos e geram corridas armadas.

Ele enfatizou a necessidade de criar uma região poderosa em vez de tentar ser o poder superior na região, instando os países a criar redes de segurança em vez de criar blocos de segurança para alcançar segurança coletiva para todos.

Zarif também destacou que a República Islâmica do Irã nunca busca um jogo de soma zero e se opõe à hegemonia monopolista na região.

O chanceler iraniano pediu aos países da região que mudem suas políticas com base no respeito mútuo e princípios compartilhados, dizendo que a República Islâmica do Irã busca um fórum regional para o diálogo na região do Golfo Pérsico para enfrentar os desafios da paz na região.

Ele também pediu às Nações Unidas para ajudar nesse sentido.

Postar um comentário

Postagens mais visitadas