Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Governo saudita diz que rei e príncipe herdeiro são 'linha vermelha'

O ministro de Relações Exteriores saudita, Adel al-Jubeir, afirmou que o rei Salman bin Abdulaziz e o príncipe Mohammed Bin Salman são uma "linha vermelha" para a Arábia Saudita e rejeitou o suposto envolvimento do herdeiro da coroa saudita no assassinato do jornalista Jamal Khashoggi.
EFE

Riad - "A liderança do reino da Arábia Saudita representada nas guardas das duas mesquitas sagradas (o rei) e o príncipe herdeiro são uma linha vermelha e não permitiremos tentativa algum de atacar nossos líderes", afirmou Al-Jubeir em entrevista publicada nesta terça-feira o jornal árabe internacional "Asharq Al-Awsat".


"Atacar os líderes do reino é tocar em todos os cidadãos", acrescentou.

O ministro fazia alusão às versões que vinculam o príncipe Mohammed com a morte do jornalista no consulado saudita em Istambul em 2 de outubro.

Veículos de imprensa americanos informaram na sexta-feira que a CIA tinha concluído que o herdeiro saudita ordenou o assassinato de Kh…

Israel oferece caças F-16 atualizados para a Colômbia

A Elbit Systems e a Israel Aircraft Industries (IAI) se ofereceram para fornecer caças Lockheed Martin F-16A/B Netz e F-16C/D Barak da Força Aérea Israelense para a Colômbia, disseram fontes militares ao Jane’s.


Poder Aéreo

A oferta, que inclui aeronaves que são armazenadas e/ou que serão retiradas de serviço em breve, tem como objetivo atender a exigência da Força Aérea Colombiana para que entre 12 e 18 aeronaves de combate avançadas substituam os atuais IAI Kfir.

F-16 Netz de Israel | Reprodução

De acordo com as fontes do Jane’s, o consórcio israelense colocaria os F-16s em um programa de extensão de vida útil que incluiria a substituição de componentes estruturais e aviônicos e motores para levar a aeronave a um padrão descrito como “próximo ao Block 50”.

No final de março, o Conselho de Defesa da República da Croácia anunciou sua aprovação à compra de 12 caças usados F-16D Barak bipostos, disponibilizados pela Força Aérea de Israel por pouco menos de 500 milhões de dólares, para pagamento em dez parcelas.

Postar um comentário

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas