Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Marinha do Brasil prevê inaugurar estação na Antártica em 2020, oito anos após incêndio

Obra é executada por uma empresa chinesa e, segundo a Marinha, se aproxima do final. Incêndio em 2012 destruiu estação, e dois militares morreram.
Por Guilherme Mazui | G1 — Brasília

Passados sete anos desde o incêndio que destruiu a Estação Antártica Comandante Ferraz, a Marinha prevê inaugurar a nova estação em março de 2020.

Executada pela empresa chinesa Ceiec, a obra se aproxima do final, segundo a Marinha, que prevê concluir as obras civis e a instalação de máquinas e mobiliário até 31 de março, iniciando um período de testes do complexo científico até março de 2020. Após os testes, a estação poderá receber militares e pesquisadores.

"A previsão de inauguração é março de 2020, quando os pesquisadores e o Grupo-Base [de militares] deverão ocupar em definitivo as instalações da nova Estação Antártica Comandante Ferraz", informou a Marinha ao G1.

Com investimento de US$ 99,6 milhões, o complexo receberá profissionais que atuam no Programa Antártico Brasileiro (Proantar), criad…

Jatos sauditas atacam Sana'a em meio ao funeral do oficial Houthi

Dezenas de milhares de iemenitas tomaram as ruas da capital, Sana'a, para realizar uma procissão funerária para ums alta autoridade do movimento Houthi Ansarullah que foi morto em um ataque aéreo saudita.


Pars Today

Os iemenitas se reuniram em Sanaa no sábado para homenagear Saleh al-Samad, presidente do Conselho Político Supremo do Iêmen, que perdeu a vida em um ataque aéreo saudita em sua residência na cidade portuária de Hudaydah, no Mar Vermelho, em 19 de abril.


Jatos sauditas atacam Sana'a em meio ao funeral do oficial Houthi

O canal de televisão libanês al-Mayadeen informou um ataque saudita perto da cerimônia fúnebre, mas não houve relatos imediatos de possíveis baixas.

O canal também disse que as forças iemenitas dispararam oito mísseis balísticos tipo Badr 1 contra "alvos econômicos e vitais" na região de Jizan, no sudoeste da Arábia Saudita, em retaliação.

O míssil atingiu precisamente os alvos, de acordo com o relatório. A TV da Arábia Saudita citou o Ministério da Defesa dizendo que quatro mísseis destinados à província foram interceptados.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas