Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Força Aérea israelense anuncia estreia global do caça F-35 em combate

Israel foi o primeiro país ao qual os Estados Unidos autorizaram a venda do caça invisível
Juan Carlos Sanz | El País
Jerusalém - A Força Aérea de Israel revelou nesta terça-feira que foi a primeira a utilizar em combate o F-35, o ultramoderno caça furtivo indetectável para os radares inimigos. O chefe da aeronáutica israelense, general Amikam Nirkin, fez o comunicado aos comandantes das forças aéreas de vários países reunidos ao norte de Tel Aviv.

O general Nirkin mostrou a seus colegas – procedentes dos EUA, Itália, França, Índia e Brasil, entre outros países – a imagem de vários F-35 sobre Beirute, enquanto confirmava que esses aviões tinham participado de ataques em duas frentes.

“O esquadrão do F-35 está em operação e já sobrevoa todo o Oriente Médio”, afirmou o chefe da força aérea.

Nirkin reiterou que, há duas semanas, a Guarda Revolucionária iraniana disparou 32 foguetes contra as Colinas de Golã, planalto sírio ocupado por Israel desde 1967 e que, em resposta à agressão, a aviação…

Jatos sauditas atacam Sana'a em meio ao funeral do oficial Houthi

Dezenas de milhares de iemenitas tomaram as ruas da capital, Sana'a, para realizar uma procissão funerária para ums alta autoridade do movimento Houthi Ansarullah que foi morto em um ataque aéreo saudita.


Pars Today

Os iemenitas se reuniram em Sanaa no sábado para homenagear Saleh al-Samad, presidente do Conselho Político Supremo do Iêmen, que perdeu a vida em um ataque aéreo saudita em sua residência na cidade portuária de Hudaydah, no Mar Vermelho, em 19 de abril.


Jatos sauditas atacam Sana'a em meio ao funeral do oficial Houthi

O canal de televisão libanês al-Mayadeen informou um ataque saudita perto da cerimônia fúnebre, mas não houve relatos imediatos de possíveis baixas.

O canal também disse que as forças iemenitas dispararam oito mísseis balísticos tipo Badr 1 contra "alvos econômicos e vitais" na região de Jizan, no sudoeste da Arábia Saudita, em retaliação.

O míssil atingiu precisamente os alvos, de acordo com o relatório. A TV da Arábia Saudita citou o Ministério da Defesa dizendo que quatro mísseis destinados à província foram interceptados.

Postar um comentário