Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Exército sírio bombardeia terroristas restantes no sul do país (VIDEO)

O exército sírio retomou os ataques de artilharia maciços contra os terroristas restantes na região de Tulul al Safa no deserto de As-Suwayda, no sul do país, depois de eles terem violado a trégua, segundo uma fonte do Exército.
Sputnik

De acordo com uma fonte que falou com a Sputnik Árabe, na terça-feira (16), o Exército sírio e os terroristas que ocupam as colinas de Tulul al Safa firmaram um acordo de cessar-fogo, segundo o qual os combatentes da Frente al-Nusra (organização terrorista proibida na Rússia e em vários outros países) se comprometeram a entregar as armas depois de serem cercados e sem saída.


Contudo, na manhã da quarta-feira (17) os terroristas atacaram as unidades do Exército sírio. Por sua vez, os soldados repeliram o ataque com êxito e contra-atacaram. Como resultado, dezenas de militantes foram mortos ou feridos. O Exército resolveu retomar os ataques maciços com peças de artilharia apoiadas do ar, tendo como objetivo eliminar as forças terroristas restantes até a épo…

Marinha do Brasil recebe primeiro jato AF-1 biposto modernizado

No dia 23 de abril, em Gavião Peixoto-SP, após a conclusão dos voos de ensaio pela Embraer, foi realizado o recebimento da aeronave modernizada AF-1C pelo Grupo de Fiscalização e Recebimento das Aeronaves AF-1/1A.


Poder Naval

Dentre os diversos sistemas modernizados, podemos citar: o sistema de geração de energia elétrica, a instalação de um radar multimodo, a mudança na concepção da aeronave para glass cockpit e a instalação de um novo sistema de gerenciamento de armas.

AF-1C
AF-1C - A-4 Skyhawk

Cabe ressaltar que o software de missão (OFP) foi inteiramente desenvolvido pela Embraer.

A aeronave de numeral N-1022 contribuirá para o incremento do treinamento e da qualificação operativa dos pilotos do 1º Esquadrão de Aviões de Interceptação e Ataque (EsqdVF-1), uma vez que esta é a primeira aeronave bipilotada modernizada entregue. Além disso, o “Falcão 1022” poderá participar das diversas tarefas operativas do Esquadrão, contribuindo para a Defesa Aeroespacial e proteção das Forças Navais.

FONTE: Marinha do Brasil

Postar um comentário

Postagens mais visitadas