Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Putin ameaça retaliar se EUA instalarem mísseis na Europa

Em seu discurso sobre o estado da nação, presidente russo faz ataques a Washington e promete apontar seu arsenal para os Estados Unidos e para o continente europeu se mísseis americanos atravessarem o Atlântico.
Deutsch Welle

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, alertou nesta quarta-feira (20/02) que seu país responderá a um possível envio de mísseis americanos à Europa, fazendo com que não apenas os países que receberem esses armamentos se tornem alvos, mas também os Estados Unidos.


Em seu discurso anual sobre o estado da nação em Moscou, Putin elevou o tom ao comentar uma nova e potencial corrida armamentista. Ele afirmou que a reação russa a um possível envio seria rigorosa e que as autoridades em Washington – algumas das quais estariam obcecadas com o "excepcionalismo" americano – deveriam calcular os riscos antes de tomar qualquer medida.

"É o direito deles de pensar da forma que quiserem. Mas eles sabem fazer cálculos? Tenho certeza que sabem. Deixemos que eles cal…

Marinha do Brasil recebe primeiro jato AF-1 biposto modernizado

No dia 23 de abril, em Gavião Peixoto-SP, após a conclusão dos voos de ensaio pela Embraer, foi realizado o recebimento da aeronave modernizada AF-1C pelo Grupo de Fiscalização e Recebimento das Aeronaves AF-1/1A.


Poder Naval

Dentre os diversos sistemas modernizados, podemos citar: o sistema de geração de energia elétrica, a instalação de um radar multimodo, a mudança na concepção da aeronave para glass cockpit e a instalação de um novo sistema de gerenciamento de armas.

AF-1C
AF-1C - A-4 Skyhawk

Cabe ressaltar que o software de missão (OFP) foi inteiramente desenvolvido pela Embraer.

A aeronave de numeral N-1022 contribuirá para o incremento do treinamento e da qualificação operativa dos pilotos do 1º Esquadrão de Aviões de Interceptação e Ataque (EsqdVF-1), uma vez que esta é a primeira aeronave bipilotada modernizada entregue. Além disso, o “Falcão 1022” poderá participar das diversas tarefas operativas do Esquadrão, contribuindo para a Defesa Aeroespacial e proteção das Forças Navais.

FONTE: Marinha do Brasil

Comentários

Postagens mais visitadas