Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Especialista: exército sírio deteve 300 militares franceses de diversas patentes

O presidente Vladimir Putin, em conversa com o presidente sírio Bashar Assad, em Sochi, declarou que, devido ao sucesso da luta antiterrorista das forças sírias e ao início do processo político, as tropas estrangeiras deveriam se retirar do território da Síria.
Sputnik

"A declaração de Vladimir Putin durante seu encontro com Bashar Assad, sobre a necessidade da retirada dos contingentes estrangeiros da Síria, arruína os sonhos dos agressores, que contam com a tentativa de realizar seus objetivos na região através de mercenários criminosos", disse à Sputnik Árabe Akram al Shalli, analista da Gestão Síria de Crise e Guerras Preventivas.

"Nas mãos do exército sírio há oficiais dos serviços de inteligência dos EUA, Grã-Bretanha, países árabes e Israel. Por exemplo, só o número de militares franceses de diversos escalões é de 300 pessoas. Notamos tentativas de exercer pressão sobre o governo sírio, inclusive para libertar os militares estrangeiros presos. Mas esses sonhos não p…

Marinha dos EUA incorpora nova leva de mísseis Tomahawk por US$ 143 milhões

A empresa norte-americana fabricante de armas, Raytheon, fechou um contrato no valor de mais de US$ 143 milhões da Marinha dos EUA para que fornça um total de mais 100 mísseis de cruzeiro do sistema de lançamento vertical Tomahawk Block IV.


Sputnik

A informação foi divulgada pelo setor de imprensa do Departamento de Defesa dos EUA através de um comunicado à imprensa.


Resultado de imagem para Tomahawk Block IV
Tomahawk Block IV | Reprodução

"A Raytheon Company [de] Tucson, Arizona, receberá US$ 143.270.000 pelo […] contrato para […] fabricar um 100 lotes dos mísseis com sistema de lançamento vertical '15 Tomahawk Block IV all-up-round'", segundo afirmou o comunicado publicado nesta sexta-feira (27).

Esse tipo de míssil foi usado recentemente pelos EUA em ataques no Oriente Médio. Em 7 de abril, as forças armadas dos EUA, ao lado de seus aliados do Reino Unido e da França lançaram 105 mísseis Tomahawks sub-sônicos em alvos na Síria. Autoridades russas e sírias disseram que 71 de 103 mísseis foram interceptados e derrubados.

Postar um comentário