Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Oficial do Hezbollah: nossos mísseis podem atingir qualquer ponto de Israel

O Hezbollah é capaz de atingir qualquer ponto em Israel com seus mísseis, disse Sheikh Naim Qassem, secretário-geral adjunto do movimento libanês Hezbollah em entrevista ao jornal iraniano al-Vefagh.
Sputnik

"Não há um único ponto nos territórios ocupados fora do alcance dos mísseis do Hezbollah", disse Qassem.


Segundo o alto funcionário, os mísseis servem para impedir Israel de iniciar outra guerra com o Líbano, expondo a "frente israelense".

Qassem comentou também a guerra na Síria, onde o Hezbollah desempenhou um papel ativo na assistência ao governo sírio contra vários agrupamentos terroristas, incluindo o Daesh e Frente al-Nusra (grupos terroristas proibidos na Rússia). O funcionário elogiou as vitórias alcançadas contra os terroristas, mas criticou os EUA por sua suposta obstrução ao processo de paz.

As tensões entre Tel Aviv e o movimento libanês xiita Hezbollah aumentaram em 4 de dezembro depois que as tropas israelenses lançaram a operação Northern Shield, dest…

Operação Bumerangue adestra paraquedistas na Caatinga

O 25º Batalhão de Infantaria Paraquedista (25º BI Pqdt) compõe a Força de Emprego Estratégico do Exército Brasileiro, devendo estar apto a atuar em todos os biomas do território nacional. Por isso, visando à possibilidade de emprego em qualquer ambiente, descolou-se por mais de 2.000 km, do Rio de Janeiro à Fazenda Tanque de Ferro, próximo a Petrolina (PE), para realizar a Operação Bumerangue, que ocorreu entre os dias 14 e 21 de março.


Forças Terrestres

Rio de Janeiro (RJ) – Em uma primeira fase, o 25º BI Pqdt recebeu instruções sobre alimentos de origem vegetal e animal; o processo de orientação na Caatinga; os efeitos do calor e primeiros-socorros; bem como conheceram as características da área de operações e tiveram noção de sobrevivência.

Reprodução

Após as instruções, e estando devidamente adaptados àquele ambiente inóspito, na segunda fase, 129 militares realizaram uma infiltração na Caatinga, que culminou com a ocupação e projeção da Hidrelétrica de Sobradinho, na divisa entre os estados de Pernambuco e da Bahia.

O 25º Batalhão de Infantaria Paraquedista, durante seu deslocamento para Pernambuco, recebeu o apoio do 38º Batalhão de Infantaria Motorizado, em Vila Velha (ES), e do 35º Batalhão de Infantaria Motorizado, em Petrolina (PE).

Ao concluir mais essa etapa de adestramento, o 25º BI Pqdt, fazendo jus a seu brado, “missão dada missão cumprida!”, continua apto a defender o território nacional, sobretudo no sertão brasileiro.

FONTE: Agência Verde-Oliva/CCOMSEx

Postar um comentário

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas