Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Análise: Brasil poderia se tornar 'vigilante' dos EUA na América Latina

O presidente norte-americano, Donald Trump, referiu a possibilidade de entrada do Brasil na OTAN. O analista russo Pavel Feldman avaliou a possibilidade de entrada do Brasil na aliança, bem como que papel poderia desempenhar o Brasil no conflito na Venezuela.
Sputnik

Durante a visita oficial do presidente do Brasil Jair Bolsonaro aos EUA, foram discutidos os assuntos internacionais mais importantes, entre eles a cooperação bilateral entre os EUA e o Brasil e a situação na Venezuela.


Uma das declarações mais sensacionais foi a possibilidade de entrada do Brasil na OTAN, referida pelo presidente dos EUA Donald Trump.

O vice-diretor do Instituto de Estudos Estratégicos e Prognósticos da Universidade Russa da Amizade dos Povos, Pavel Feldman, revelou em entrevista ao serviço russo da Rádio Sputnik que os EUA são apenas um dos países da OTAN, há outros países cuja opinião deveria ser levada em conta nesse assunto.

Segundo ele, se o Brasil aderir à OTAN ele vai desempenhar o papel de vigilante d…

Países da América Latina demonstram interesse em aeronaves russas

Alguns países latino-americanos manifestaram interesse na compra por caças russos Su-30MKI, aeronaves de treinamento e combate da nova geração Yak-130, além da nova aeronave de passageiros MC-21, disse uma fonte da delegação russa durante a FIDAE 2018, Feira Internacional do Ar e Espaço.


Sputnik

O maior evento aeroespacial da região começou na última terça-feira (3) em Santiago, capital do Chile. A exposição russa apresenta cerca de 200 modelos de armas e equipamentos.


YAK-130
Yakovlev Yak-130 © flickr.com/ RS Deakin

Peru, Colômbia e Argentina estão interessados no caça multiuso Su-30MKI, enquanto o México, Chile, Argentina, Brasil, Uruguai, Paraguai e Bolívia estão interessados em aeronaves de treinamento e combate da última geração Yak-130, revelou a fonte na delegação.

Os caças polivalentes Su-30SM e Su-30MKI, assim como as aeronaves de treinamento e combate da nova geração Yak-130, são desenvolvidos pela empresa Irkut.

O Su-30SM é fornecido para a Força de Defesa Aeroespacial da Rússia desde 2012 e para a Marinha da Rússia desde 2014. O Su-30MK é produzido de acordo com os interesses dos clientes estrangeiros. Por sua vez, a aeronave de treinamento e combate da nova geração Yak-130 é escolhida para formação de pilotos da Força de Defesa Aeroespacial russa e tem sido fornecida desde fevereiro de 2010.

Na FIDAE 2018, além dos caças Su-30MKI e Yak-130, a empresa introduziu aeronaves de treinamento e combate Yak-152, assim como uma família de aeronaves de passageiros de uma nova geração de MC-21, que já despertou o interesse de uma série de companhias aéreas regionais. Os testes de voo do MC-21-300 são realizados com sucesso desde maio de 2017 e, no momento, está sendo preparada a produção em grande escala de uma nova aeronave.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas