Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Exército sírio bombardeia terroristas restantes no sul do país (VIDEO)

O exército sírio retomou os ataques de artilharia maciços contra os terroristas restantes na região de Tulul al Safa no deserto de As-Suwayda, no sul do país, depois de eles terem violado a trégua, segundo uma fonte do Exército.
Sputnik

De acordo com uma fonte que falou com a Sputnik Árabe, na terça-feira (16), o Exército sírio e os terroristas que ocupam as colinas de Tulul al Safa firmaram um acordo de cessar-fogo, segundo o qual os combatentes da Frente al-Nusra (organização terrorista proibida na Rússia e em vários outros países) se comprometeram a entregar as armas depois de serem cercados e sem saída.


Contudo, na manhã da quarta-feira (17) os terroristas atacaram as unidades do Exército sírio. Por sua vez, os soldados repeliram o ataque com êxito e contra-atacaram. Como resultado, dezenas de militantes foram mortos ou feridos. O Exército resolveu retomar os ataques maciços com peças de artilharia apoiadas do ar, tendo como objetivo eliminar as forças terroristas restantes até a épo…

Pentágono faz alerta para 'provável conflito direto' entre Israel e Irã

O secretário de Defesa dos EUA, James Mattis, se reuniu com o seu homólogo israelense, Avigdor Lieberman, neste sábado (28), e declarou que é "muito provável" um conflito militar entre Israel e Teerã.


Sputnik

Segundo o chefe do Pentágono, isso ocorre porque "o Irã continua com seu 'trabalho intermediário' em Israel através do Hezbollah".


Resultado de imagem para james mattis avigdor lieberman
James Mattis e Avigdor Lieberman | Reprodução

Ao receber Lieberman, Mattis disse a repórteres que com o envio de mísseis avançados do Irã para o Hezbollah através da Síria, Teerã faz uma ameaça a Israel.

Mattis disse que ele intui como as ações militares poderiam começar, mas ele disse não ter certeza quando ou onde o conflito entrará em erupção.

Além disso, o ministro da Defesa de Israel também se reuniu com o conselheiro de segurança nacional dos EUA, John Bolton, quem ele descreveu como um "amigo".

Postar um comentário

Postagens mais visitadas