Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Defesa do Brasil tem maior gasto com pessoal na década, e investimento militar cai

Despesas com ativos e inativos crescem R$ 7,1 bi em 2019, reflexo de aumento salarial
Por Igor Gielow e Gustavo Patu | Folha de S.Paulo

A previsão de gasto militar para o primeiro ano de governo do capitão reformado do Exército Jair Bolsonaro (PSL) traz o maior aumento de despesa com pessoal em dez anos e uma redução expressiva do investimento em programas de reequipamento das Forças Armadas.
Não fosse uma criatividade contábil dos militares, que conseguiram recursos com a capitalização de uma estatal para comprar novos navios, a despesa de investimento seria a menor desde 2009.

A Folha analisou a série histórica com a ferramenta de acompanhamento orçamentário Siga Brasil, do Senado. Para este ano, o Ministério da Defesa, ainda na gestão Michel Temer (MDB), planejou gastar R$ 104,2 bilhões, o quarto maior volume da Esplanada.

Desse montante, R$ 81,1 bilhões irão para pessoal, R$ 13,3 bilhões, para gastos correntes (custeio) e R$ 9,8 bilhões, para investimentos. Os valores não incluem o con…

Presidente Rouhani: "Se o JCPOA foi ruim e perigoso, por que você assinou?"

Trump é um empresário e não sabe nada sobre lei, de acordo com o presidente do Irã, conclamando o governo americano a cumprir seus compromissos antes de decidir sobre o futuro do JCPOA.


Pars Today

O presidente Hassan Rouhani fez as declarações na quarta-feira durante uma cerimônia na província de Azerbaijão Oriental para marcar a seleção de Tabriz como a capital turística de 2018 do turismo islâmico pelos países membros da OIC.


Presidente Rouhnai:
Presidente do Irã Hassan Rouhani | Reprodução

Rouhani apontou "com o Plano de Ação Integral Conjunto (JCPOA), eliminamos as acusações contra a nação iraniana".

Afirmando que "nós provamos ao mundo que a iranofobia era uma mentira", ele continuou "o fato de você ameaçar os bancos e investidores a não trabalharem com o Irã é contra o que você prometeu no JCPOA".

O presidente iraniano passou a criticar as retóricas do presidente americano Trump dizendo "se o JCPOA era ruim e perigoso, por que você o assinou? Você (Trump) é um empresário e não sabe nada sobre lei. Antes de decidir sobre o futuro do JCPOA, digamos que você cumpriu seus compromissos? "

"A Casa Branca precisa primeiro liquidar suas dívidas anteriores e depois tomar uma nova decisão", acrescentou o presidente iraniano.

Ele também disse que "o problema atual do mundo de hoje são os políticos que não consideram as conseqüências e os diferentes aspectos de suas palavras".

O presidente iraniano continuou enfatizando que o Ocidente está tentando invadir os recursos naturais do mundo árabe, dizendo que as potências ocidentais estão de olho nas contas bancárias dos países árabes que estão cheios de petro-dólares.

Ele continuou "depreciando os países árabes, eles dizem que se você não pagar, sairemos da região".

"Saia! Nossa região estará mais segura com você", afirmou o Presidente Rouhani.

"Você trouxe segurança para a região vendendo armas para a Arábia Saudita e despejando bombas no povo do Iêmen?", Acrescentou o presidente iraniano aos líderes ocidentais.

Rouhani mencionou a terrível situação do Iraque, Iêmen, Síria, Afeganistão, Palestina como algumas partes do mundo islâmico dizendo "se a maneira como vemos e falamos com a sociedade está correta, as questões serão resolvidas e o mundo mudará".

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas