Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Especialista: exército sírio deteve 300 militares franceses de diversas patentes

O presidente Vladimir Putin, em conversa com o presidente sírio Bashar Assad, em Sochi, declarou que, devido ao sucesso da luta antiterrorista das forças sírias e ao início do processo político, as tropas estrangeiras deveriam se retirar do território da Síria.
Sputnik

"A declaração de Vladimir Putin durante seu encontro com Bashar Assad, sobre a necessidade da retirada dos contingentes estrangeiros da Síria, arruína os sonhos dos agressores, que contam com a tentativa de realizar seus objetivos na região através de mercenários criminosos", disse à Sputnik Árabe Akram al Shalli, analista da Gestão Síria de Crise e Guerras Preventivas.

"Nas mãos do exército sírio há oficiais dos serviços de inteligência dos EUA, Grã-Bretanha, países árabes e Israel. Por exemplo, só o número de militares franceses de diversos escalões é de 300 pessoas. Notamos tentativas de exercer pressão sobre o governo sírio, inclusive para libertar os militares estrangeiros presos. Mas esses sonhos não p…

Risco real: ONU alerta para a crescente ameaça do uso de armas nucleares

A ameaça do uso de armas nucleares continua a crescer, enquanto importantes acordos internacionais sobre segurança coletiva estão sendo violados, disse o vice-secretário-geral e alto representante da ONU para Assuntos de Desarmamento, Izumi Nakamitsu.


Sputnik

"O mundo enfrenta hoje os mesmos desafios que levaram à criação do Tratado de Não-Proliferação Nuclear (TNP), a ameaça do uso de armas nucleares internacionalmente ou não, está crescendo", afirmou Nakamitsu.


Nuclear explosion
Explosão nuclear © Foto : Pixabay

Falando na reunião da sessão preparatória da Conferência de Revisão do TNP, uma cúpula a ser realizada em 2020, ele acrescentou que "esta ameaça, que afeta toda a humanidade, existirá enquanto os arsenais nacionais tiverem armas nucleares".

Nakamitsu ressaltou que a situação geopolítica continua a piorar, enquanto alguns dos acordos mais importantes sobre segurança coletiva estão sendo violados.

"A retórica sobre a necessidade e utilidade das armas nucleares está aumentando, a modernização dos programas dos Estados nucleares leva muitos a caracterizá-la como uma nova corrida armamentista", analisou.

Ele também enfatizou a necessidade de continuar as negociações sobre o controle de armas e o desarmamento antes que o mundo seja incapaz de controlar a criação e o uso de arsenais nucleares.

Postar um comentário