Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Super Tucano em teste pela Força Aérea dos EUA sofre acidente

Queda sem causa ainda definida é má notícia para a fabricante brasileira, que disputa concorrência com americanos
Igor Gielow | Folha de S.Paulo

Um turboélice A-29 Super Tucano, fabricado pela Embraer, caiu durante um exercício de ataque leve conduzido pela Força Aérea dos EUA em um campo de provas do Novo México, na sexta (22).

Dois tripulantes conseguiram se ejetar. Segundo comunicado da base de Holloman, um dele se feriu levemente e foi medicado, enquanto não há detalhes do estado do segundo. A causa do acidente não foi divulgada.

O avião participa da fase final da competição para fornecimento de aviões leves para missões de ataque a solo e reconhecimento. Inicialmente, os EUA querem adquirir 15 unidades, para depois expandir a até 120. Elas servirão para substituir o famoso A-10 Warthog (Javali, em inglês), um modelos subsônico a jato fortemente armado e blindado que opera desde 1977.

Os americanos estão procurando opções mais econômicas para a missão. Enquanto um A-10 tem sua hora-voo…

Rússia cria no mar de Azov grupo especial para lutar com pirataria ucraniana

No mar de Azov começou seu patrulhamento um grupo especial para prevenir a atividade de pirataria por parte da Ucrânia, afirmou nesta quinta-feira (5) o chefe da Administração Territorial dos mares de Azov e Negro da agência das pescas russa, Igor Rulev.


Sputnik

De acordo com ele, a nova estrutura vai coordenar a colaboração da administração das pescas com a administração fronteiriça, bem como fornecer informações sobre a localização das embarcações.


Navio de pesca Nord, apreendido pelos guardas-costeiros ucranianos em 26 de março de 2018
Navio de pesca Nord, apreendido pelos guardas-costeiros ucranianos em 26 de março de 2018 | © FOTO: SERVIÇO DE GUARDA COSTEIRA DA UCRÂNIA

Anteriormente, Rulev comunicou que os pescadores podem não recear sair ao mar já que sua segurança será garantida pelo Serviço Federal de Segurança russo.

Além disso, a administração divulgou recomendações relacionadas com as regras da pesca. De acordo com elas, é necessário avisar de antemão os órgãos competentes sobre o percurso da embarcação e, no caso de uma situação de emergência, é necessário entrar em contato usando uma banda de frequências especial, se lê no site do Instituto de Investigação das Pescas de Azov.

No dia 26 de março, os guardas-costeiros ucranianos detiveram a embarcação de pesca russa Nord, acusando a tripulação de violar a fronteira marítima. O navio foi apreendido e enviado ao porto ucraniano de Berdyansk. Moscou exige que a Ucrânia lhe devolva a embarcação e liberte os tripulantes.

Segundo relatou o capitão do navio, Vladimir Gorbin, os guarda-fronteiras prometeram libertar os tripulantes detidos caso eles apresentem bilhetes de identidade ucranianos. Enquanto isso, Gorbin assinalou que o cônsul russo teve negado o acesso à tripulação sob pretexto que na embarcação não há cidadãos da Rússia.

Anteriormente, o capitão da embarcação foi transportado a um departamento do Serviço de Segurança ucraniano. Kiev afirmou que ele pode ser condenado a cinco anos de prisão.

Postar um comentário

Postagens mais visitadas