Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

EUA ameaçam Turquia com sanções em caso de compra dos sistemas S-400 da Rússia

Em dezembro 2017, Rússia e Turquia assinaram um acordo de empréstimo para o fornecimento de sistemas de mísseis de defesa aérea S-400 russos para a Turquia.
Sputnik

O assessor do secretário de Estado dos EUA, Wess Mitchell, declarou nesta quarta-feira (18), durante uma audiência na Comissão de Relações Exteriores da Câmara dos Representantes dos EUA, que a Turquia pode receber sanções após a compra dos sistemas de defesa russos S-400.


"Ancara confirma que concordou em comprar os sistemas de mísseis russos S-400, o que pode potencialmente levar a sanções no âmbito do artigo 231 da Lei de Contenção de Adversários da América Através de Sanções [CAATSA] e influencia negativamente sobre a participação no programa dos F-35 [caças de 5ª geração]", disse o representante do Departamento de Estado na audiência sobre a política dos EUA no Oriente Médio.

Em dezembro do ano passado, os representantes russos e turcos assinaram um acordo de crédito para fornecimento de sistemas S-400. Segundo …

Rússia já enviou cerca de 40 sistemas antiaéreos Pantsir-S1 à Síria nos últimos anos

Nos últimos anos, Rússia tem exportado cerca de 40 sistemas antiaéreos Pantsir-S1 à Síria, declarou à Sputnik uma fonte do Ministério da Defesa russo.


Sputnik

"Rússia forneceu à Síria até 40 sistemas de mísseis Pantsir-S1 para a defesa aérea. Trata-se de exportações, não do material enviado dos depósitos do Ministério da Defesa", afirmou a fonte.


Sistema de artilharia antiaérea móvel Pantsir-S1
Sistema antiaéreo Pantsir S1 © Sputnik/ Mikhail Mokrushin

A função principal do sistema de artilharia antiaérea móvel Pantsir-S1 (SA-22 Greyhound, segundo a designação da OTAN) é proteger as instalações civis e militares de aviões, helicópteros, drones, mísseis de cruzeiro e munições de alta precisão.

Instalado sobre a plataforma de um caminhão, cada sistema inclui dois canhões de 30 mm capazes de disparar 40 salvas por segundo e 12 mísseis terra-ar.

Anteriormente, o Ministério da Defesa russo informou que a defesa aérea da Síria teria derrubado cinco de oito mísseis disparados por Israel durante o ataque contra a base aérea de T-4, na província de Homs.

Segundo o comunicado do ministério, a "Força Aérea de Israel, sem invadir o espaço aéreo da Síria, realizou do território libanês ataques com oito mísseis contra a base T-4".

Postar um comentário