Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Cerimônia de Lançamento do Submarino Riachuelo

Temer e Bolsonaro participaram de lançamento do submarino Riachuelo
EBC | DefesaNet

O presidente Michel Temer e o presidente eleito, Jair Bolsonaro, participaram na manhã de hoje (14) da cerimônia de lançamento ao mar do submarino Riachuelo, no Complexo Naval de Itaguaí (RJ). O Riachuelo é o primeiro do Programa de Desenvolvimento de Submarinos, que tem parceria com a França.

A primeira-dama Marcela Temer, madrinha do Riachuelo, batizou o submarino quebrando uma garrafa contra o casco e pediu a bênção ao submarino e aos marinheiros que o navegarem.

“Estamos dando prova renovada da excelência da nossa indústria naval. Estamos mostrando que juntos somos capazes de superar qualquer desafio. País de vocação pacífica, o Brasil constrói seu submarino, não para ameaçar quem quer que seja, não para perturbar a tranquilidade das águas internacionais. O Brasil constrói seus submarinos, porque um país com mais de 7 mil quilômetros de costa, não pode prescindir de instrumentos para defesa de sua sobe…

Seul celebra decisão de Pyongyang em suspender testes nucleares e de mísseis

Presidente sul-coreano Moon Jae-in e o líder norte-coreano Kim Jong-un irão se encontrar na próxima sexta-feira (27).


EFE


O governo da Coreia do Sul qualificou neste sábado (21) como um "progresso significativo" para a desnuclearização da Coreia do Norte a decisão do regime de Pyongyang de suspender os seus testes atômicos e de mísseis, assim como o fechamento de seu centro de testes nucleares.

Resultado de imagem para Moon Jae-in
Moon Jae-in | Reprodução

Em um comunicado enviado pelo gabinete presidencial sul-coreano, Seul considerou que "a decisão da Coreia do Norte é significativa para a desnuclearização da península coreana" e disse, além disso, que "ajudará a criar um ambiente muito positivo para o sucesso das próximas cúpula intercoreana e entre o Norte e Estados Unidos".

O governo sul-coreano se comprometeu em preparar o iminente encontro entre seu presidente, Moon Jae-in, e o líder norte-coreano, Kim Jong-un, previsto para o próximo dia 27, de modo a "liderar o caminho para a desnuclearização e paz duradoura" no território da Coreia, segundo o texto divulgado pela agência de notícias "Yonhap".

Os comentários de Seul estão de acordo com as manifestações do presidente americano, Donald Trump, em redes sociais após saber do anúncio, que ele chamou de "muito boa notícia" e "grande progresso" tanto para o país asiático como para o mundo.

Pyongyang anunciou a decisão do regime de suspender seus testes nucleares e de mísseis balísticos, adotados durante o plenário do Comitê Central do Partido dos Trabalhadores, realizado em Pyongyang, ontem, antes das cúpulas com Seul e Washington.

"A situação mudou de maneira favorável", disse Kim, durante a sessão plenária, onde destacou as mudanças que estão ocorrendo no cenário político internacional e declarou que os testes atualmente são desnecessários.

Postar um comentário

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas