Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Primeiro voo do Aero L-159T2

A Aero Vodochody realizou o primeiro voo do treinador a jato L-159T2 de dois lugares em 1º de agosto. O voo de 30 minutos foi conduzido pelos pilotos de testes da empresa Vladimír Kvarda e David Jahoda.
Poder Aéreo

A Força Aérea Tcheca encomendou três exemplares em 2016, que devem ser entregues até o final deste ano. As aeronaves L-159 são operadas pelas forças aéreas tcheca e iraquiana, pela empresa americana Draken International e, no passado, foram alugadas pela Força Aérea Húngara para treinamento de pilotos.

Estas novas aeronaves de assento duplo T2 têm uma fuselagem central e dianteira recém-construída e apresentam várias melhorias significativas, principalmente em equipamentos de cockpit e sistema de combustível, e são totalmente compatíveis com o NVG. Cada cockpit é equipado com duas telas multifuncionais e um assento de ejeção VS-20 atualizado. A aeronave também pode oferecer uma capacidade de reabastecimento sob pressão. O radar GRIFO, já em uso na versão de um único assento, a…

Sobe para 25 número de mortos em duplo atentado em Cabul

O número de mortos em um duplo atentado cometido nesta segunda-feira no centro de Cabul, capital do Afeganistão, já chegou a 25 pessoas, nove delas jornalistas, enquanto outras 49 ficaram feridas no ataque, reivindicado pelo Estado Islâmico (EI).


EFE

Cabul - O porta-voz da Polícia local Hashmat Stanekzai, disse à Efe que um suicida detonou uma primeira bomba na sua motocicleta por volta das 8h (horário local, 0h30 em Brasília), na área de Shashdarak, no distrito policial número 9 da capital afegã.


EFE/EPA/HEDAYATULLAH AMID
EFE/EPA/HEDAYATULLAH AMID

"Confirmamos que o primeiro ataque foi um atentado suicida cometido por um agressor em uma motocicleta cheia de explosivos, nessa detonação morreram quatro civis", disse a fonte.

Os outros 21 morreram em uma segunda explosão ocorrida meia hora mais tarde, quando, segundo o porta-voz da Polícia, "um suicida que se disfarçou de jornalista com uma câmera na mão" explodiu uma carga de explosivos entre um grupo de civis e jornalistas que tinham ido para o local para cobrir o fato.

O Comitê para a Segurança dos Jornalistas Afegãos (AJSC, em inglês) disse que entre os mortos há nove jornalistas.

Stanekzai confirmou, por outro lado, a morte de quatro policiais que estavam isolando a área quando aconteceu a segunda explosão.

O EI reivindicou os atentados em mensagem na rede social Telegram assinalando que um primeiro terrorista detonou seu colete explosivo no prédio da Inteligência afegã e um segundo fez o mesmo na rua para surpreender as pessoas que tinham fugido do primeiro ataque e "fazê-los em pedaços".

Postar um comentário

Postagens mais visitadas