Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Putin ameaça retaliar se EUA instalarem mísseis na Europa

Em seu discurso sobre o estado da nação, presidente russo faz ataques a Washington e promete apontar seu arsenal para os Estados Unidos e para o continente europeu se mísseis americanos atravessarem o Atlântico.
Deutsch Welle

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, alertou nesta quarta-feira (20/02) que seu país responderá a um possível envio de mísseis americanos à Europa, fazendo com que não apenas os países que receberem esses armamentos se tornem alvos, mas também os Estados Unidos.


Em seu discurso anual sobre o estado da nação em Moscou, Putin elevou o tom ao comentar uma nova e potencial corrida armamentista. Ele afirmou que a reação russa a um possível envio seria rigorosa e que as autoridades em Washington – algumas das quais estariam obcecadas com o "excepcionalismo" americano – deveriam calcular os riscos antes de tomar qualquer medida.

"É o direito deles de pensar da forma que quiserem. Mas eles sabem fazer cálculos? Tenho certeza que sabem. Deixemos que eles cal…

Sobe para 25 número de mortos em duplo atentado em Cabul

O número de mortos em um duplo atentado cometido nesta segunda-feira no centro de Cabul, capital do Afeganistão, já chegou a 25 pessoas, nove delas jornalistas, enquanto outras 49 ficaram feridas no ataque, reivindicado pelo Estado Islâmico (EI).


EFE

Cabul - O porta-voz da Polícia local Hashmat Stanekzai, disse à Efe que um suicida detonou uma primeira bomba na sua motocicleta por volta das 8h (horário local, 0h30 em Brasília), na área de Shashdarak, no distrito policial número 9 da capital afegã.


EFE/EPA/HEDAYATULLAH AMID
EFE/EPA/HEDAYATULLAH AMID

"Confirmamos que o primeiro ataque foi um atentado suicida cometido por um agressor em uma motocicleta cheia de explosivos, nessa detonação morreram quatro civis", disse a fonte.

Os outros 21 morreram em uma segunda explosão ocorrida meia hora mais tarde, quando, segundo o porta-voz da Polícia, "um suicida que se disfarçou de jornalista com uma câmera na mão" explodiu uma carga de explosivos entre um grupo de civis e jornalistas que tinham ido para o local para cobrir o fato.

O Comitê para a Segurança dos Jornalistas Afegãos (AJSC, em inglês) disse que entre os mortos há nove jornalistas.

Stanekzai confirmou, por outro lado, a morte de quatro policiais que estavam isolando a área quando aconteceu a segunda explosão.

O EI reivindicou os atentados em mensagem na rede social Telegram assinalando que um primeiro terrorista detonou seu colete explosivo no prédio da Inteligência afegã e um segundo fez o mesmo na rua para surpreender as pessoas que tinham fugido do primeiro ataque e "fazê-los em pedaços".

Comentários

Postagens mais visitadas