Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Su-57 russo supera caças de 5ª geração F-22 e F-35 dos EUA, diz piloto militar

O uso de caças F-22 pela Força Aérea dos EUA na Síria privou este modelo de suas vantagens sobre aeronaves russas, segundo a mídia norte-americana. Em entrevista ao serviço russo da Rádio Sputnik, um piloto militar russo comentou a situação.
Sputnik

A utilização de caças norte-americanos F-22 na Síria privou os EUA das vantagens destes caças em relação aos caças russos, escreveu o jornal Military Watch. Segundo Veralinn Jamieson, tenente-general da Força Aérea dos EUA, os céus do Iraque e da Síria se tornaram "armazém de informações" para russos sobre atuação de caças estadunidenses durante operações.

Segundo o autor do artigo, os russos tiveram bastante tempo para analisar e testar a tecnologia de furtividade dos F-22, além de terem coletado dados sobre o uso da aeronave e encontrado meios de combatê-la. Além disso, a Rússia poderá usar essas tecnologias na fabricação de suas aeronaves.

O artigo enfatiza que os radares dos sistemas de mísseis antiaéreos S-300 e S-400 da Rússia …

Unicef anuncia libertação de mais 200 crianças-soldado no Sudão do Sul

Agência quer que mil menores combatentes deponham as armas oficialmente nos próximos meses; plano para libertar 19 mil crianças em três anos precisa de US$ 45 milhões.


Eleutério Guevane | ONU

Mais de 200 crianças-soldado foram libertadas no Sudão do Sul, anunciou o Fundo das Nações Unidas para a Infância, Unicef.


Resultado de imagem para Unicef anuncia libertação de mais 200 crianças-soldado no Sudão do Sul
Reprodução

Esta terça-feira, a agência organizou um evento especial onde 112 meninos e 95 meninas depuseram as armas oficialmente na cidade de Yambio, no sudoeste do mais novo país do mundo.


Assistência

Na cerimônia, os menores receberam roupa, exames médicos e aconselhamento psicossocial. Ao retornarem às suas casas, as famílias receberão três meses de assistência alimentar para apoiar a reintegração inicial.

De acordo com o Fundo, o grupo também receberá capacitação vocacional para melhorar a renda familiar e a segurança alimentar.

Nos próximos meses, a agência da ONU deverá libertar cerca de mil crianças-soldado para se juntarem às mais de 500 que depuseram as armas somente este ano.

Direitos

Em nota, a agência da ONU pede a todas as partes envolvidas no conflito sul-sudanês que "acabem com o recrutamento de crianças" usadas como soldados e defendam os seus direitos segundo as leis internacionais.

De acordo com o Unicef, milhares de crianças foram forçadas a participar em combates em grupos armados desde o início da guerra civil do Sudão do Sul em 2013.

Fileiras

O comunicado menciona que as crianças agora libertadas alinharam nas fileiras do Movimento de Libertação Nacional do Sudão do Sul, Ssnlp, e do Exército de Libertação do Povo do Sudão na oposição, Spla.

O Unicef defende que progressos recentes devem permitir a libertação de cerca de 19 mil crianças nos próximos três anos que agora servem nas Forças Armadas e em vários grupos que atuam no país.

Reintegração

A agência sublinha que é essencial um financiamento adequado para o programa de libertação. No total, precisa de US$ 45 milhões para apoiar o processo de desmobilização e reintegração dos menores nesse período.

O Unicef revela que os novos combates iniciados em julho de 2016 interromperam os planos iniciais de libertar as crianças, mas o impulso ganha mais força. Os fatores de otimismo incluem a retoma das negociações de paz e o debate sobre o futuro governo de transição.

Postar um comentário