Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Força Aérea israelense anuncia estreia global do caça F-35 em combate

Israel foi o primeiro país ao qual os Estados Unidos autorizaram a venda do caça invisível
Juan Carlos Sanz | El País
Jerusalém - A Força Aérea de Israel revelou nesta terça-feira que foi a primeira a utilizar em combate o F-35, o ultramoderno caça furtivo indetectável para os radares inimigos. O chefe da aeronáutica israelense, general Amikam Nirkin, fez o comunicado aos comandantes das forças aéreas de vários países reunidos ao norte de Tel Aviv.

O general Nirkin mostrou a seus colegas – procedentes dos EUA, Itália, França, Índia e Brasil, entre outros países – a imagem de vários F-35 sobre Beirute, enquanto confirmava que esses aviões tinham participado de ataques em duas frentes.

“O esquadrão do F-35 está em operação e já sobrevoa todo o Oriente Médio”, afirmou o chefe da força aérea.

Nirkin reiterou que, há duas semanas, a Guarda Revolucionária iraniana disparou 32 foguetes contra as Colinas de Golã, planalto sírio ocupado por Israel desde 1967 e que, em resposta à agressão, a aviação…

‘A cobra fumou’: Campo Grande comemora vitória sobre as forças do Eixo

Aconteceu, nessa terça-feira, dia 8 de maio, no Comando Militar do Oeste (CMO), a formatura militar alusiva ao Dia da Vitória, com o objetivo de relembrar os feitos heroicos dos soldados brasileiros que lutaram durante a Segunda Guerra Mundial, no combate contra as forças do Eixo.


Forças Terrestres

Campo Grande (MS) – A data celebra a rendição incondicional das forças nazifascistas, que abriu caminho para a capitulação japonesa pouco tempo depois.


Dia da Vitória em Campo Grande
Dia da Vitória em Campo Grande

A solenidade, ocorrida no Campo de Parada General Plínio Pitaluga, localizado no complexo do CMO, contou com a presença de militares que integraram a Força Expedicionária Brasileira (FEB) residentes em Campo Grande (MS): Agostinho Gonçalves da Mota, Isidoro Teodoro da Silva e Manoel Castro Siqueira. Estiveram na solenidade, ainda, autoridades civis e militares.

A formatura foi presidida pelo Chefe do Centro de Coordenação de Operações do Comando Militar do Oeste, General de Brigada Eduardo Paiva Maurmann, que ressaltou a bravura de nossos Pracinhas. “Este é o momento de prestigiar nossos febianos, a eles nosso eterno reconhecimento”, destacou o General.

Durante a cerimônia, foi lida a ordem do dia, do Comandante do Exército, General de Exército Eduardo Dias da Costa Villas Bôas.

Os Pracinhas puderam reviver os dias de glória em solo italiano, quando souberam que o combate tinha chegado ao fim, com a rendição do inimigo. “É claro que receber a notícia de que a guerra tinha acabado foi ótima, mas, mostrar que a cobra pode sim ‘fumar’ foi melhor ainda, pois, todos diziam que era mais fácil a cobra fumar que o Brasil participar da guerra. A cobra ‘fumou’, e hoje comemoramos 73 anos do Dia da Vitória”, disse o ex-combatente e presidente da Seção Regional de Mato Grosso do Sul da Associação Nacional dos Veteranos da Força Expedicionária Brasileira (ANVFEB), Agostinho Gonçalves da Mota, hoje aos 93 anos.

Postar um comentário