Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

EUA criticam bombardeiros russos na Venezuela: "Nós mandamos navio-hospital"

O coronel Robert Manning, porta-voz do Departamento de Defesa dos Estados Unidos, criticou com veemência nesta segunda-feira o envio de bombardeiros russos à Venezuela e citou o envio de navio-hospital à região como exemplo do compromisso de Washington com a região.
EFE

Washington - "O enfoque dos EUA sobre a região difere do enfoque da Rússia. No meio da tragédia, a Rússia envia bombardeiros à Venezuela e nós mandamos um navio-hospital", declarou Manning durante uma entrevista coletiva realizada hoje no Pentágono.


O militar se referia com estas palavras ao USNS Comfort, que partiu em meados de outubro rumo à América Central e à América do Sul para oferecer ajuda sanitária aos milhares de refugiados venezuelanos amparados por diversos países da região.

"Enquanto nós oferecemos ajuda humanitária, a Rússia envia bombardeiros", lamentou Manning em referência ao envio uma esquadrilha de aviões russos, incluindo dois bombardeiros estratégicos T-160, capazes de carregar bomb…

Ao menos seis mortos em ataques ao palácio presidencial no Iémen

Pelo menos seis pessoas morreram e 30 ficaram feridas em dois ataques aéreos sucessivos contra o palácio presidencial do Iémen, em Sanaa, disseram fontes médicas, citadas pelas agências internacionais.


Pars Today 

O palácio presidencial do Iémen, em Sanaa, foi atingido num ataque aéreo da coligação árabe que fez mortos e feridos, segundo um elemento das equipas de emergência médica.


Ao menos seis mortos em ataques ao palácio presidencial no Iémen
Reprodução

Dois desses bombardeamentos atingiram a presidência, situada na movimentada zona comercial de Tahrir, perto de um grande hotel, de um banco e de várias lojas, segundo as mesmas fontes.

O ataque de hoje foi lançado horas depois de as defesas antiaéreas sauditas terem intercetado no sul do país dois mísseis balísticos disparados pelos iemenitas, segundo a coligação.

Os mísseis foram disparados da província de Amran, a norte de Sanaa, segundo o porta-voz da coligação, o coronel saufita Turki al-Maliki.

Postar um comentário

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas