Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Brasil comemora 20 anos do fim do conflito entre Peru e Equador

O Brasil irá comemorar nesta terça-feira os 20 anos do fim dos conflitos na fronteira entre Peru e Equador, que se prolongaram por quase 170 anos e que causaram várias guerras, tensões e enfrentamentos entre ambos os países.
EFE

Brasília - O Acordo Global e Definitivo de Paz entre Equador e Peru foi assinado em 26 de outubro de 1998 em Brasília, que voltará a ser palco de um encontro entre representantes dessas duas nações, mas agora para reafirmar "o valor e a eficácia da diplomacia e da solução pacífica de controvérsias", diz o comunicado do Ministério das Relações Exteriores.

A cerimônia contará com a participação do equatoriano José Ayala Lasso e do peruano Fernando de Trazegnies Granda, que eram os chanceleres de seus países na ocasião da assinatura e tiveram participação ativa nas negociações, e será presidido pelo ministro das Relações Exteriores Aloysio Nunes.

Segundo a nota oficial, a comemoração "também evidencia, uma vez mais, a capacidade regional de responder e…

Ao menos seis mortos em ataques ao palácio presidencial no Iémen

Pelo menos seis pessoas morreram e 30 ficaram feridas em dois ataques aéreos sucessivos contra o palácio presidencial do Iémen, em Sanaa, disseram fontes médicas, citadas pelas agências internacionais.


Pars Today 

O palácio presidencial do Iémen, em Sanaa, foi atingido num ataque aéreo da coligação árabe que fez mortos e feridos, segundo um elemento das equipas de emergência médica.


Ao menos seis mortos em ataques ao palácio presidencial no Iémen
Reprodução

Dois desses bombardeamentos atingiram a presidência, situada na movimentada zona comercial de Tahrir, perto de um grande hotel, de um banco e de várias lojas, segundo as mesmas fontes.

O ataque de hoje foi lançado horas depois de as defesas antiaéreas sauditas terem intercetado no sul do país dois mísseis balísticos disparados pelos iemenitas, segundo a coligação.

Os mísseis foram disparados da província de Amran, a norte de Sanaa, segundo o porta-voz da coligação, o coronel saufita Turki al-Maliki.

Postar um comentário

Postagens mais visitadas