Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

General brasileiro em forças dos EUA atrapalha laços com Moscou e Pequim, diz especialista

A decisão do Brasil de enviar um oficial para integrar as Forças Armadas dos Estados Unidos deve atrapalhar as relações do país com importantes aliados, como China e Rússia. A avaliação é do especialista em Relações Internacionais Paulo Velasco, que conversou nesta segunda-feira com a Sputnik sobre esse polêmico assunto.
Sputnik

Na última semana, se tornou pública no Brasil a notícia de que o país indicará, até o final do ano, um general para assumir um posto no Comando Sul (SouthCom) dos EUA, que cobre América Central, Caribe e América do Sul, provocando controvérsias.


De acordo com o comandante responsável, o almirante Craig Faller, os interesses norte-americanos na região seriam ameaçados por Rússia, China, Irã, Venezuela, Cuba e Nicarágua, países com os quais o Brasil poderá ter relações prejudicadas por conta dessa situação, conforme acredita Velasco, professor adjunto de Política Internacional do Departamento de Relações Internacionais da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (U…

Ataque contra centro de eleitores deixa 14 mortos e 33 feridos no Afeganistão

Um ataque contra uma mesquita na qual funciona um centro de registro de eleitores deixou 14 mortos e 33 feridos neste domingo na província de Khost, no sudeste do Afeganistão.


EFE

Cabul - A explosão ocorreu por volta das 14h20 (hora local; 6h50 em Brasília), na mesquita Yaqubi. O centro de eleitores no interior do local já desenvolve trabalhos para as eleições parlamentares de 20 de outubro, segundo afirmou o porta-voz do governador da região, Taliban Mangal.


Resultado de imagem para Ataque contra centro de eleitores deixa 14 mortos e 33 feridos no Afeganistão
Ataque contra centro de registro de eleitores deixa ao menos 14 mortos no Afeganistão - TNH1

De acordo com a fonte, o número de vítimas ainda pode aumentar nas próximas horas e nenhum grupo insurgente reivindicou a autoria do atentado por enquanto.

Há duas semanas, duas explosões em centros de registro de eleitores causaram mais mortes e deixaram dezenas de feridos em meio a uma nova dinâmica de ataques insurgentes contra alvos eleitorais.

Nessa ocasião, 57 pessoas morreram e 119 ficaram feridas em um atentado suicida contra um centro de registro de eleitores em Kabul, enquanto uma bomba colocada na estrada explodiu durante a passagem de um veículo perto de outro desses centros no norte do país, causando seis mortes.

O Afeganistão atravessa um dos períodos mais sangrentos desde o fim da missão de combate da Otan, em janeiro de 2015.

Comentários

Postagens mais visitadas