Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

'Queremos que a Venezuela volte à democracia', diz Bolsonaro a TV dos EUA

Em entrevista à Fox News, o presidente também defendeu o muro para separar EUA do México. Nesta terça, ele vai se encontrar com Donald Trump.
Por G1

O presidente Jair Bolsonaro disse em entrevista à TV norte-americana na madrugada desta terça-feira (19) que a Venezuela estará no centro das discussões durante o encontro com o presidente dos EUA, Donald Trump, na Casa Branca, nesta tarde.

Ao canal Fox News, Bolsonaro reafirmou que o presidente norte-americano mantém "todas as opções na mesa"em relação à Venezuela. "Nós não podemos falar em todas as possibilidades, mas o que for possível de forma diplomática", disse Bolsonaro, segundo tradutor da emissora.

A entrevista foi ao ar com tradução simultânea, e em alguns trechos não foi possível ouvir o que o presidente respondeu. Bolsonaro disse que o Brasil é o país mais interessado em pôr fim ao governo de Nicolás Maduro.

O presidente afirmou que o governo brasileiro está alinhado ao de Trump. "Hoje temos nova ideologia,…

Ativistas de Gaza lançam jornada para quebrar os limites navais israelenses

Um número de ativistas palestinos partiu em uma jornada marítima em direção aos limites navais estabelecidos por Israel em uma demonstração de protesto contra o cerco incapacitante do regime do enclave costeiro.


Pars Today

Na terça-feira, os palestinos se reuniram no porto da Cidade de Gaza, enquanto os barcos deveriam navegar para quebrar o cerco de 11 anos, que impediu que suprimentos médicos entrassem no território e que os pacientes saíssem.

Resultado de imagem para marinha israelense
Marinha israelense | Reprodução

Os barcos transportam um grupo de aproximadamente 30 pessoas, incluindo manifestantes palestinos feridos em manifestações de uma semana ao longo da cerca que separa Gaza dos territórios ocupados por Israel.

Em uma coletiva de imprensa realizada no porto da Cidade de Gaza, o organizador do plano, Salah Abd al-Ati, disse que a viagem está em conformidade com todos os regulamentos de direitos humanos que garantem o direito de viajar e transportar.

A Faixa de Gaza está sob cerco israelense desde junho de 2007. O bloqueio causou um declínio nos padrões de vida, assim como níveis sem precedentes de desemprego e pobreza implacável.

O regime israelense nega a cerca de 1,8 milhão de pessoas em Gaza seus direitos básicos, como liberdade de movimento, empregos com salários adequados, além de cuidados de saúde e educação adequados.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas