Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

EUA: sanções contra Venezuela servem como 'alerta para atores externos, incluindo Rússia'

Na última terça-feira (17), o secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, culpou a Rússia e a Venezuela pela crise de refugiados observada no país latino-americano.
Sputnik

O conselheiro de Segurança Nacional dos EUA, John Bolton, anunciou nesta quarta-feira (17) que os EUA estão impondo uma nova rodada de sanções contra a Venezuela, acrescentando o banco central do país à lista de restrições. 

Segundo o conselheiro de Segurança Nacional, as sanções recém-aplicadas deveriam se tornar um alerta para "todos os atores externos, inclusive a Rússia".

Desde o início da crise política na Venezuela no início deste ano, os EUA impuseram várias rodadas de sanções, visando os setores petrolífero e bancário do país, bem como indivíduos ligados às autoridades do país.

A Venezuela está sofrendo grave crise política desde janeiro. Junto com outros países ocidentais, os EUA apoiam Juan Guaidó, que se proclamou presidente interino da Venezuela. Ao mesmo tempo, Rússia, China e Turquia, entre outros…

Aviões de combate realizam manobras noturnas desafiadoras em porta-aviões chinês (VÍDEO)

Em 24 de maio, Liaoning, o porta-aviões chinês capaz de acomodar 26 aviões de combate e 22 helicópteros, completou as suas primeiras manobras de voos noturnos, informaram as mídias chinesas.


Sputnik

O vídeo dos exercícios mostra como os aviões de combate chineses J-15, conhecidos como Flying Sharks (tubarões voadores), decolam e pousam no porta-aviões de 65.000 toneladas, comunicaram as mídias.


Porta-aviões Liaoning perto do porto de Hong Kong, China, 7 de julho de 2017
Porta-aviões chinês Liaoning © AP Photo / Kin Cheung

Os pilotos começaram a se preparar para as manobras desde janeiro, já que a decolagem e pouso em condições de escuridão são considerados mais arriscados que de dia e requerem mais habilidade.

Hoje em dia, a Marinha chinesa conta formalmente com um só porta-aviões, o Liaoning, um antigo navio soviético conhecido originalmente na década de 1980 na URSS como Riga, e mais tarde rebatizado de Varyag, que o país asiático adquiriu como sucata à Ucrânia na década de 1990 para o reconstruir e pôr em serviço em 2012.


Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas