Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Radicais sírios estariam recebendo armamento dos EUA através da fronteira com Jordânia

Enquanto o exército sírio parece estar pronto para uma grande ofensiva na província de Daraa, os grupos radicais que operam na região estariam recebendo grandes remessas de material bélico "Made in USA".
Sputnik

Os grupos militantes que atuam no sul da Síria receberam uma grande quantidade de armas e munições fabricadas nos EUA, incluindo mísseis antitanque TOW, informou a agência de notícias FARS.

De acordo com a FARS, o armamento foi entregue através da fronteira com a Jordânia no âmbito de um novo plano dos EUA para assegurar mais apoio a estes grupos na Síria.

A agência informou também que os grupos militantes na província de Daraa começaram a se preparar para impedir a ofensiva do exército sírio.

No início deste mês, o exército sírio intensificou as ações no sudoeste do país, controlado por radicais, perto da fronteira com a Jordânia e as Colinas de Golã, ocupadas por Israel.

O Ministério da Defesa da Rússia acrescentou que as forças do governo sírio, apoiadas por um grande a…

Aviões de combate realizam manobras noturnas desafiadoras em porta-aviões chinês (VÍDEO)

Em 24 de maio, Liaoning, o porta-aviões chinês capaz de acomodar 26 aviões de combate e 22 helicópteros, completou as suas primeiras manobras de voos noturnos, informaram as mídias chinesas.


Sputnik

O vídeo dos exercícios mostra como os aviões de combate chineses J-15, conhecidos como Flying Sharks (tubarões voadores), decolam e pousam no porta-aviões de 65.000 toneladas, comunicaram as mídias.


Porta-aviões Liaoning perto do porto de Hong Kong, China, 7 de julho de 2017
Porta-aviões chinês Liaoning © AP Photo / Kin Cheung

Os pilotos começaram a se preparar para as manobras desde janeiro, já que a decolagem e pouso em condições de escuridão são considerados mais arriscados que de dia e requerem mais habilidade.

Hoje em dia, a Marinha chinesa conta formalmente com um só porta-aviões, o Liaoning, um antigo navio soviético conhecido originalmente na década de 1980 na URSS como Riga, e mais tarde rebatizado de Varyag, que o país asiático adquiriu como sucata à Ucrânia na década de 1990 para o reconstruir e pôr em serviço em 2012.


Postar um comentário

Postagens mais visitadas