Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Militares revelam como suas vidas foram destruídas pelo Exército dos EUA

O Twitter oficial do Exército dos EUA realizou uma pesquisa para averiguar como o serviço impactou a vida de seus militares.
Sputnik

Atualmente, mais de 9.000 pessoas já compartilharam suas opiniões. Apesar de constatarem que o serviço no Exército fortalece fisicamente e emocionalmente as pessoas, dando algum sentido às suas vidas e abrindo perspectivas profissionais, há muitos outros comentários com declarações céticas e críticas sobre a influência do Exército dos EUA no mundo, no país e na sua vida pessoal.

Várias pessoas compartilharam histórias de seus familiares que cometeram suicídio, sofreram de transtorno por estresse pós-traumático, passaram por mudanças radicais de caráter e comportamento ou deixaram de ser saudáveis depois de participarem em ações militares dos EUA.

Além disso, há aqueles cujos familiares ou eles próprios foram abusados durante o serviço.

Outros usuários recordaram que os horrores da guerra deixam cicatrizes na mente.

Diversos outros usuários da rede social compa…

Bomba da 2ª Guerra Mundial é encontrada durante obras no metrô em Hong Kong

1.200 pessoas que estavam nas lojas, restaurantes e prédios comerciais do bairro de negócios de Wanchai foram retiradas.


Por G1

Centenas de pessoas foram retiradas de uma área de Hong Kong após a descoberta de uma bomba da Segunda Guerra Mundial durante obras no metrô.

Policiais movem nesta sexta-feira (11) uma bomba desativada descoberta durante obras do metrô em Hong Komg (Foto: Kin Cheung/ AP Photo)
Policiais movem nesta sexta-feira (11) uma bomba desativada descoberta durante obras do metrô em Hong Komg (Foto: Kin Cheung/ AP Photo)

A polícia instalou um perímetro de segurança e retirou 1.200 pessoas que estavam nas lojas, restaurantes e prédios comerciais do bairro de negócios de Wanchai.

Uma equipe do esquadrão antibombas foi enviada ao local para desenterrar e desativar a bomba de 450 quilos, de fabricação americana. Segundo Lai Ngo-yau, oficial do esquadrão antibombas citado pela agência France Presse, dois terços da bomba estavam enterrados. Ela estava na posição vertical.

A bomba foi localizada na quinta-feira, durante as obras de construção de uma nova estação de metrô. Outras duas bombas similares foram encontradas em janeiro.

De acordo com a Associated Press, especialistas a identificaram como de fabricação americana que acredita-se ter sido lançada por aviões durante a Segunda Guerra Mundial, quando a então colônia britânica foi palco de combates entre forças de ocupação aliadas e japonesas.

Durante a Segunda Guerra Mundial, Hong Kong foi cenário de combates violentos entre o Japão e as forças aliadas, em particular entre a invasão japonesa de dezembro de 1941 e a libertação da cidade, em 1945.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas