Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Capacetes brancos preparam novas provocações na Síria, diz enviado russo na ONU

Membros dos Capacetes Brancos estão preparando novas provocações com substâncias tóxicas na Síria, disse o vice-embaixador russo na ONU, Vladimir Safronkov, nesta quarta-feira (24) na reunião do Conselho de Segurança da ONU.
Sputnik

Safronkov observou que os Capacetes Brancos acusariam o governo sírio pelo uso de tais substâncias.

Mais cedo nesta quarta-feira (24), o Major General Viktor Kupchishin, chefe do Centro Russo para a Reconciliação Síria, argumentou que funcionários da mídia estrangeira na província síria de Hama conduziram uma filmagem falsa da "morte" de uma família supostamente devido ao uso de armas químicas pelas tropas sírias.

Em diversas ocasiões, Moscou e Damasco apontaram que os Capacetes Brancos estavam produzindo provocações envolvendo o uso de armas químicas com o objetivo de culpar o governo da Síria e dar aos países ocidentais justificativas para a intervenção no país.
A estratégia de encenar ataques para usá-los como falsa bandeira tem sido usada repetida…

'Cada vez mais fortes': ministro ucraniano gaba novas armas americanas

O ministro do Interior da Ucrânia, Arsen Avakov, comunicou que as Forças Armadas da Ucrânia receberam o primeiro lote de lança-granadas norte-americanos RSRL-1.


Sputnik

"Hoje, uma nova arma potente começou a proteger a Ucrânia. Cada vez mais fortes!", escreveu Avakov em seu Facebook.

Soldados do exército ucraniano
Militares ucranianos © AP Photo/ Efrem Lukatsky

Ele também frisou que durante as manobras os soldados da Guarda Nacional avaliaram como elevado o potencial do novo sistema. No total, o exército ucraniano recebeu 500 unidades do sistema norte-americano.

O RSRL-1 é um lança-granadas antitanque com calibre de 40 mm. O alcance do sistema atinge 800 metros, enquanto o cano suporta até mil tiros. O sistema é produzido pela empresa norte-americana AirTonic.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas