Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Empresa chinesa faz peças para F-35? Revelação surge em meio a polêmicas envolvendo Huawei

Em meio à briga contínua entre os EUA e a gigante tecnológica chinesa Huawei, classificada como ameaça à segurança por Washington, verificou-se que uma subsidiária com sede no Reino Unido de uma companhia chinesa fabrica peças para os jatos americanos F-35.
Sputnik

Trata-se da companhia chinesa Exception PCB, com sede no condado britânico de Gloucestershire, que fabrica placas de circuitos que controlam os motores, iluminação, combustível e sistemas de navegação dos caças F-35 – o sistema de armas mais caro já feito.

De acordo com a emissora britânica Sky, citando materiais divulgados pelo Ministério da Defesa do Reino Unido, a empresa que fabrica componentes para os caças da Lockheed Martin foi comprada em 2013 pela companhia chinesa Shenzhen Fastprint, que inclusive já participou da fabricação de caças Eurofighter Typhoon e de helicópteros de ataque Apache.

"A Exception PCB, com sede em Gloucestershire, fabrica placas de circuito impresso que controlam muitas das principais capacid…

Colômbia será primeiro 'parceiro global' da OTAN na América Latina

O presidente colombiano destacou que o país será o único da América Latina com o privilégio de fazer parte da OTAN. A Colômbia também acertou parceria com a Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico (OCDE).


Sputnik

O presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos, anunciou na noite desta sexta-feira (25) a concretização de um acordo de parceria com a OTAN e com a Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico (OCDE).

Presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos
Presidente da Colômbia Juan Manuel Santos © REUTERS / John Vizcaino

"Sermos membros da OCDE nos permitirá fazer melhor as coisas, ver o que deu errado e o que funcionou em outros países. Com nossa entrada, melhoraremos nossas políticas públicas", disse o líder colombiano.

Em relação à Aliança do Norte, ele destacou que "a Colômbia será o único país da América Latina que tem tal privilégio".

"A entrada na OTAN melhora a imagem da Colômbia e nos permite ter muito mais jogo no cenário internacional", acrescentou.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas