Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Defesa do Brasil tem maior gasto com pessoal na década, e investimento militar cai

Despesas com ativos e inativos crescem R$ 7,1 bi em 2019, reflexo de aumento salarial
Por Igor Gielow e Gustavo Patu | Folha de S.Paulo

A previsão de gasto militar para o primeiro ano de governo do capitão reformado do Exército Jair Bolsonaro (PSL) traz o maior aumento de despesa com pessoal em dez anos e uma redução expressiva do investimento em programas de reequipamento das Forças Armadas.
Não fosse uma criatividade contábil dos militares, que conseguiram recursos com a capitalização de uma estatal para comprar novos navios, a despesa de investimento seria a menor desde 2009.

A Folha analisou a série histórica com a ferramenta de acompanhamento orçamentário Siga Brasil, do Senado. Para este ano, o Ministério da Defesa, ainda na gestão Michel Temer (MDB), planejou gastar R$ 104,2 bilhões, o quarto maior volume da Esplanada.

Desse montante, R$ 81,1 bilhões irão para pessoal, R$ 13,3 bilhões, para gastos correntes (custeio) e R$ 9,8 bilhões, para investimentos. Os valores não incluem o con…

Colômbia será primeiro 'parceiro global' da OTAN na América Latina

O presidente colombiano destacou que o país será o único da América Latina com o privilégio de fazer parte da OTAN. A Colômbia também acertou parceria com a Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico (OCDE).


Sputnik

O presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos, anunciou na noite desta sexta-feira (25) a concretização de um acordo de parceria com a OTAN e com a Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico (OCDE).

Presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos
Presidente da Colômbia Juan Manuel Santos © REUTERS / John Vizcaino

"Sermos membros da OCDE nos permitirá fazer melhor as coisas, ver o que deu errado e o que funcionou em outros países. Com nossa entrada, melhoraremos nossas políticas públicas", disse o líder colombiano.

Em relação à Aliança do Norte, ele destacou que "a Colômbia será o único país da América Latina que tem tal privilégio".

"A entrada na OTAN melhora a imagem da Colômbia e nos permite ter muito mais jogo no cenário internacional", acrescentou.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas