Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Israel prende o governador palestino de Jerusalém

Motivo da detenção foram crimes cometidos na Cisjordânia ocupada, segundo a Organização para a Libertação da Palestina.
France Presse

Israel prendeu o governador palestino de Jerusalém por crimes que teria cometido na Cisjordânia ocupada, que não foram especificados, informou a Organização para a Libertação da Palestina (OLP).

O governador Adnan Gheith foi detido no sábado (20) à noite no bairro palestino de Beit Hanina, em Jerusalém Oriental, ocupada e anexada por Israel. Será apresentado a um tribunal dentro de quatro dias, afirma a OLP em um comunicado.

Para o dirigente da OLP Saeb Erakat, a detenção é "um novo passo contra a presença palestina em Jerusalém" e constitui uma violação da legislação israelense a respeito das instituições palestinas da cidade.

"As ameaças contra dirigentes palestinos, sua detenção, inclusive o 'sequestro' do governador Gheith, são parte de um plano que pretende sufocar todas as bases de uma solução política com dois Estados e com as f…

Começa evacuação de jihadistas do EI do sul de Damasco

A evacuação dos jihadistas do grupo Estado Islâmico (EI) que lutavam contra as forças governamentais sírias no sul de Damasco começou neste domingo, em virtude de um acordo com as autoridades, informou o Observatório Sírio de Direitos Humanos.


EFE

Cairo - Uma caravana de ônibus com combatentes do EI e seus familiares saiu da região do campo de refugiados palestinos de Al Yarmouk e do bairro de Al Tadamun, áreas que foram palco de combates há um mês. O destino são as zonas desérticas do leste da Síria, segundo a ONG.

Resultado de imagem para evacuação de jihadistas do EI do sul de Damasco
Evacuação de terroristas do Estado Islâmico (Daesh) | AFP

Vários ônibus entraram na região controlada pelos jihadistas depois de meia-noite para pôr em prática este acordo, que foi negociado em segredo e não foi confirmado por nenhuma das partes.

A ONG afirmou que os combatentes do EI incendiaram suas posições em Al Yarmouk antes de começar a operação de evacuação da região, a única nas imediações de Damasco que ainda não estava nas mãos das forças governamentais.

Postar um comentário

Postagens mais visitadas