Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

EUA e Rússia revivem a Guerra Fria no Oriente Médio com duas cúpulas

Reuniões paralelas, na Polônia e na Rússia, representaram a revitalização do rompimento entre as potências sobre o Irã, a guerra na Síria e o conflito entre Israel e a Palestina
Juan Carlos Sanz e María R. Sahuquillo | El País
Sochi / Jerusalém - Em 1991, a Conferência de Madri estabeleceu um modelo para o diálogo multilateral no Oriente Médio após o fim da Guerra Fria, que havia colocado Washington contra Moscou na disputa pela hegemonia em uma região estratégica. Transcorridos mais de 27 anos, dois conclaves paralelos representaram nesta quinta-feira em Varsóvia (Polônia) e Sochi (Rússia) a revitalização do rompimento entre as potências sobre o Irã, a guerra na Síria e o conflito israelo-palestino. Os Estados Unidos e a Rússia, copresidentes em Madri em 1991, já não atuam mais como mediadores para aliviar as tensões e, mais uma vez, assumem um lado entre as partes conflitantes.

No fórum da capital polonesa, a diplomacia dos EUA chegou a um impasse ao reunir mais de 60 países em uma reu…

Começa evacuação de jihadistas do EI do sul de Damasco

A evacuação dos jihadistas do grupo Estado Islâmico (EI) que lutavam contra as forças governamentais sírias no sul de Damasco começou neste domingo, em virtude de um acordo com as autoridades, informou o Observatório Sírio de Direitos Humanos.


EFE

Cairo - Uma caravana de ônibus com combatentes do EI e seus familiares saiu da região do campo de refugiados palestinos de Al Yarmouk e do bairro de Al Tadamun, áreas que foram palco de combates há um mês. O destino são as zonas desérticas do leste da Síria, segundo a ONG.

Resultado de imagem para evacuação de jihadistas do EI do sul de Damasco
Evacuação de terroristas do Estado Islâmico (Daesh) | AFP

Vários ônibus entraram na região controlada pelos jihadistas depois de meia-noite para pôr em prática este acordo, que foi negociado em segredo e não foi confirmado por nenhuma das partes.

A ONG afirmou que os combatentes do EI incendiaram suas posições em Al Yarmouk antes de começar a operação de evacuação da região, a única nas imediações de Damasco que ainda não estava nas mãos das forças governamentais.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas