Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Brasil comemora 20 anos do fim do conflito entre Peru e Equador

O Brasil irá comemorar nesta terça-feira os 20 anos do fim dos conflitos na fronteira entre Peru e Equador, que se prolongaram por quase 170 anos e que causaram várias guerras, tensões e enfrentamentos entre ambos os países.
EFE

Brasília - O Acordo Global e Definitivo de Paz entre Equador e Peru foi assinado em 26 de outubro de 1998 em Brasília, que voltará a ser palco de um encontro entre representantes dessas duas nações, mas agora para reafirmar "o valor e a eficácia da diplomacia e da solução pacífica de controvérsias", diz o comunicado do Ministério das Relações Exteriores.

A cerimônia contará com a participação do equatoriano José Ayala Lasso e do peruano Fernando de Trazegnies Granda, que eram os chanceleres de seus países na ocasião da assinatura e tiveram participação ativa nas negociações, e será presidido pelo ministro das Relações Exteriores Aloysio Nunes.

Segundo a nota oficial, a comemoração "também evidencia, uma vez mais, a capacidade regional de responder e…

Coreia do Sul afirma continuaidade da 'postura bilateral de defesa' com EUA

O conselheiro de segurança nacional dos EUA, John Bolton, e seu homólogo sul-coreano, Chung Eui-yong, reafirmaram nesta sexta-feira que não existem planos para mudar a "postura bilateral de defesa" dos dois países na Coreia do Sul.


Sputnik

As duas autoridades, que se encontraram em Washington, também discutiram o aguardado encontro entre Trump e o líder norte-coreano, Kim Jong-un e começaram os preparativos para a visita do presidente sul-coreano Moon Jae-in à Casa Branca em 22 de maio.


Sistema de mísseis Patriot
Sistema antiaéreo norte-americano Patriot © AFP 2018 / KIM JAE-HWAN

"Os dois embaixadores reafirmaram que não há planos na República da Coreia para mudar a situação de defesa bilateral entre os EUA e a Coreia do Sul", informou a Casa Branca em comunicado.

Durante a semana, presidente da Coreia do Sul, Moon Jae-in, descartou categoricamente a possibilidades de retirada das tropas norte-americanas, instaladas no país, caso o tratado de paz com Coreia do Norte seja celebrado.

Os presidentes das Coreias se reuniram no dia 27 de abril. A cúpula foi organizada no território da Coreia do Sul, no povoado fronteiriço de Panmunjom, que faz parte da zona desmilitarizada.

Postar um comentário

Postagens mais visitadas