Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

China: 'Relatório do Pentágono distorce nossas intenções estratégicas'

A China rejeita firmemente as conclusões do relatório do Departamento de Defesa dos EUA sobre a situação militar e de segurança no país asiático, disse em comunicado o porta-voz do Ministério da Defesa chinês, Lu Kang.
Sputnik

"Em 17 de agosto, o Departamento de Defesa dos Estados Unidos divulgou o relatório sobre a situação militar e de segurança na China, interpretando mal as intenções estratégicas da China e apresentando a chamada ‘ameaça militar chinesa' […] Os militares chineses expressam sua firme oposição a esse respeito", diz a declaração.

"As alegações do relatório dos EUA são pura especulação", disse Kang, explicando que o programa de modernização do Exército chinês se destina a defender "os interesses da soberania, segurança e desenvolvimento do país" e para "providenciar a paz, estabilidade e prosperidade globais".

O porta-voz do ministério chinês também reiterou a posição firme de seu país em relação a Taiwan, que ele definiu como u…

Drone dos EUA é avistado vigiando espaço aéreo de Donbass

No espaço aéreo de Donbass foi avistado um drone de reconhecimento norte-americano RQ-4 Global Hawk, comunicou nesta segunda-feira (7) o serviço de monitoramento de voos ItaMilRadar.


Sputnik

Segundo o serviço, o drone, com o número 10-2043, decolou na madrugada do dia 7 de maio da base naval norte-americana de Sigonella, situada na Sicília. Por volta das 14 horas, a aeronave sobrevoou o território de Donbass na área da cidade de Slavyansk.


Drone norte-americano RQ-4 Global Hawk (foto de arquivo)
Drone norte-americano RQ-4 Global Hawk © AP Photo / Northrop Grumman via U.S. Navy, Erik Hildebrandt

Anteriormente, o drone de reconhecimento norte-americano RQ-4A Global Hawk já tinha sido visto no espaço aéreo de Donbass. Naquela vez, a aeronave estava indo em direção da região russa de Rostov.

Ao longo dos últimos meses os voos de aeronaves de reconhecimento norte-americanas perto das fronteiras russas têm sido cada vez mais frequentes.

Postar um comentário

Postagens mais visitadas