Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

General brasileiro em forças dos EUA atrapalha laços com Moscou e Pequim, diz especialista

A decisão do Brasil de enviar um oficial para integrar as Forças Armadas dos Estados Unidos deve atrapalhar as relações do país com importantes aliados, como China e Rússia. A avaliação é do especialista em Relações Internacionais Paulo Velasco, que conversou nesta segunda-feira com a Sputnik sobre esse polêmico assunto.
Sputnik

Na última semana, se tornou pública no Brasil a notícia de que o país indicará, até o final do ano, um general para assumir um posto no Comando Sul (SouthCom) dos EUA, que cobre América Central, Caribe e América do Sul, provocando controvérsias.


De acordo com o comandante responsável, o almirante Craig Faller, os interesses norte-americanos na região seriam ameaçados por Rússia, China, Irã, Venezuela, Cuba e Nicarágua, países com os quais o Brasil poderá ter relações prejudicadas por conta dessa situação, conforme acredita Velasco, professor adjunto de Política Internacional do Departamento de Relações Internacionais da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (U…

EUA advertem Síria sobre operações das forças de Assad na zona de segurança

Os EUA manifestaram preocupação com os relatos de possíveis ações por forças do governo sírio no sudoeste do país na zona de segurança. A declaração é da porta-voz do Departamento de Estado, Heather Nauert.


Sputnik

Segundo ela, preocupação diz respeito "à operação de aproximação do regime de Assad no sudoeste da Síria dentro dos limites da zona de segurança, que foi acordada pelos Estados Unidos, Jordânia e a Federação Russa no ano passado".

Combatentes do Exército Livre da Síria caminham armados na cidade de Deraa
Terroristas do Exército Livre da Síria em Deraa © REUTERS / Alaa Al-Faqir

A porta-voz não especificou quais relatórios estavam sendo discutidos e o que tipo de operação os militares sírios estariam preparando. No entanto, ela alertou que os EUA "tomarão medidas drásticas em resposta a violações".

"Advertimos o regime sírio para qualquer ação que possa contribuir para o alargamento do conflito ou pôr em risco a trégua", disse Nauert.

A zona de segurança acordada pelos três países fica perto da cidade de Deraa, na Síria.

Comentários

Postagens mais visitadas