Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Brasil comemora 20 anos do fim do conflito entre Peru e Equador

O Brasil irá comemorar nesta terça-feira os 20 anos do fim dos conflitos na fronteira entre Peru e Equador, que se prolongaram por quase 170 anos e que causaram várias guerras, tensões e enfrentamentos entre ambos os países.
EFE

Brasília - O Acordo Global e Definitivo de Paz entre Equador e Peru foi assinado em 26 de outubro de 1998 em Brasília, que voltará a ser palco de um encontro entre representantes dessas duas nações, mas agora para reafirmar "o valor e a eficácia da diplomacia e da solução pacífica de controvérsias", diz o comunicado do Ministério das Relações Exteriores.

A cerimônia contará com a participação do equatoriano José Ayala Lasso e do peruano Fernando de Trazegnies Granda, que eram os chanceleres de seus países na ocasião da assinatura e tiveram participação ativa nas negociações, e será presidido pelo ministro das Relações Exteriores Aloysio Nunes.

Segundo a nota oficial, a comemoração "também evidencia, uma vez mais, a capacidade regional de responder e…

EUA e aliados continuarão trabalhando para impedir Irã de construir bomba nuclear, diz Mattis

Os Estados Unidos continuarão trabalhando com seus aliados para garantir que o Irã não construa uma arma nuclear, disse nesta quarta-feira o secretário de Defesa dos Estados Unidos, Jim Mattis, um dia após o presidente Donald Trump se retirar do acordo nuclear internacional com Teerã.


Por Idrees Ali e Phil Stewart | 
Reuters

WASHINGTON - “Continuaremos trabalhando ao lado de nossos aliados e parceiros para garantir que o Irã nunca possa adquirir uma arma nuclear e trabalharemos com outras pessoas para lidar com o alcance da influência maligna do Irã”, disse Mattis em audiência num comitê do Senado dos EUA.


Resultado de imagem para Jim Mattis
Jim Mattis | Reprodução

“Esta administração continua comprometida em colocar a segurança, os interesses e o bem-estar dos nossos cidadãos em primeiro lugar”, disse Mattis.

Na véspera, Trump retirou os Estados Unidos do acordo nuclear com o Irã, aumentando o risco de conflito no Oriente Médio, desapontando os aliados europeus e lançando incertezas sobre o fornecimento global de petróleo.

Postar um comentário

Postagens mais visitadas