Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Por que alguns países ocidentais não querem libertação de Idlib?

A libertação de Idlib marcará a vitória total das forças governamentais e o fracasso dos planos de países ocidentais de derrubar as autoridades legítimas sírias.
Sputnik

No entanto, segundo Pierre Le Corf, ativista francês que vive em Aleppo, a tarefa não será fácil. 


"Será muito difícil libertar Idlib, porque todas as forças da coalizão lideradas pelos EUA e governos [ocidentais] envolvidos na guerra até o momento se opõem à libertação da província", disse Le Corf à Sputnik França.

Ele comentou que assim que a província síria de Idlib for libertada, terá que "libertar as zonas ocupadas ilegalmente pelos EUA, França e até pela Itália no norte do país". Por esse motivo, nenhum desses países quer a libertação da província.

Le Corf salientou que a intenção de manter o status atual poderia levar a "um massacre da população civil de Idlib", referindo-se às múltiplas advertências dos militares sírios e russos sobre a possível encenação de ataques químicos com o prop…

EUA enviam novo comboio militar para curdos na Síria

Os EUA enviaram um novo comboio militar para as bases dos militantes curdos na região de Tal Beidar, entre as cidades de Qamishli e Tal Tamr, no nordeste de Hasaka, informou a rede de TV libanesa al-Manar.


Sputnik

As informações mais recentes acrescentam a vários outros relatórios sobre o suposto estabelecimento de novas bases militares dos EUA em Al-Hasakah, bem como no leste de Deir ez-Zor no mês passado. O comboio incluía dez caminhões cheios de armas e munição.


Os curdos peshmerga
Tropas curdas na Síria © Sputnik / Hikmet Durgun

Fontes locais disseram que os combatentes curdos detiveram uma série de civis a sudoeste da cidade de Ra'as al-Ein, no noroeste de Hasaka, para treiná-los em acampamentos militares.

No início desta semana, as Forças Democráticas da Síria (SDF) informaram ao Sputnik que há uma crescente presença militar francesa na área de Manbij, na Síria.

Uma foto mostra dois veículos blindados com pessoal militar na área do rio Sajur, no território de Manbij. Um veículo tem uma bandeira dos EUA, enquanto o outro tem uma bandeira francesa.

Postar um comentário

Postagens mais visitadas