Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Putin ameaça retaliar se EUA instalarem mísseis na Europa

Em seu discurso sobre o estado da nação, presidente russo faz ataques a Washington e promete apontar seu arsenal para os Estados Unidos e para o continente europeu se mísseis americanos atravessarem o Atlântico.
Deutsch Welle

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, alertou nesta quarta-feira (20/02) que seu país responderá a um possível envio de mísseis americanos à Europa, fazendo com que não apenas os países que receberem esses armamentos se tornem alvos, mas também os Estados Unidos.


Em seu discurso anual sobre o estado da nação em Moscou, Putin elevou o tom ao comentar uma nova e potencial corrida armamentista. Ele afirmou que a reação russa a um possível envio seria rigorosa e que as autoridades em Washington – algumas das quais estariam obcecadas com o "excepcionalismo" americano – deveriam calcular os riscos antes de tomar qualquer medida.

"É o direito deles de pensar da forma que quiserem. Mas eles sabem fazer cálculos? Tenho certeza que sabem. Deixemos que eles cal…

EUA estão determinados a desmantelar programa nuclear norte-coreano 'sem demora'

O novo secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, declarou durante a cerimônia de sua posse que a administração dos EUA está determinada a desmantelar o programa nuclear norte-coreano sem mais demora.


Sputnik

"Estamos comprometidos com o desmantelamento permanente, verificável e irreversível do programa de armas de destruição em massa da Coreia do Norte, e a fazer isso sem demora", disse ele.


Presidente dos EUA, Donald Trump, acompanhado por diretor da CIA recém-nomeado, Mike Pompeo, na agência (foto de arquivo)
Mike Pompeo e Donald Trump © AP Photo / Andrew Harnik

"Neste momento, temos uma oportunidade sem precedentes para mudar o curso da história na península coreana. Eu enfatizei a palavra oportunidade, estamos nos estágios iniciais do trabalho, e o resultado certamente ainda é desconhecido", destacou Pompeo.

Segundo ele, a administração Trump "não vai repetir os erros do passado" em relação ao programa nuclear de Pyongyang.

Anteriormente, Pompeo afirmou que o líder norte-coreano, Kim Jong-un, estava pronto para esboçar um roteiro para a desnuclearização da península coreana. Esta declaração foi feita na sequência da histórica cúpula inter-coreana na região de Panmunjom, onde o presidente sul-coreano, Moon Jae-in, e Kim Jong-un se reuniram na última sexta-feira.

Ambos os líderes assinaram uma declaração conjunta sobre desnuclearização e reunião de famílias coreanas separadas. No mesmo dia, o presidente dos EUA, Donald Trump, disse que faria uma reunião com o líder norte-coreano nas "próximas semanas".

Comentários

Postagens mais visitadas