Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Turquia acionará judicialmente os EUA, caso entregas dos F-35 sejam bloqueadas

Segundo o porta-voz do presidente turco, Ibrahim Kalin, a Turquia recorrerá a medidas jurídicas caso as entregas dos F-35 sejam bloqueadas pelos EUA.
Sputnik

Ibrahim Kalin citou para a mídia turca que "não é nada fácil rescindir este contrato, somos parte de um contrato multilateral, cumprimos com todas as exigências e pagamos, caso os EUA não cumpram, recorreremos à lei".

O Congresso americano decidiu recentemente suspender as entregas dos caças americanos de quinta geração F-35 à Turquia devido aos planos de Ancara de adquirir o sistema de defesa antiaérea russo S-400, além de ameaçá-la com sanções em diversas ocasiões, como citado em artigo da Sputnik Mundo.

O avançado sistema antiaéreo S-400 Triumph (SA-21 Growler, na classificação da OTAN) é capaz de abater alvos aéreos com tecnologia furtiva, mísseis de cruzeiro e mísseis balísticos táticos e táticos-operacionais, tem um alcance de até 400 km e pertence à geração 4+, sendo duas vezes mais eficaz que seus antecessores.

Os se…

EUA proíbem Ucrânia de usar os complexos de mísseis Javelin em Donbass

O vice-ministro ucraniano para as questões dos territórios ocupados e cidadãos deslocados, Georgy Tuka, explicou por que os complexos de mísseis Javelin norte-americanos não estão presentes na linha de contato em Donbass.


Sputnik

De acordo com o vice-ministro, entrevistado pelo canal de TV Pryamoi, hoje em dia existem "certas restrições" por parte dos EUA para o uso dos complexos Javelin.


Lançamento a partir do sistema Javelin, foto de arquivo
Javelin em ação | CC0 / U.S. Army Europe / Saber Strike 2016

"A condição é não usar estes complexos nomeadamente na linha de contato", frisou.

Ao mesmo tempo, o político acrescentou que a proibição pode ser levantada "em qualquer momento".

"Eu suponho que nesta situação, como se diz, de beco sem saída, vamos receber a autorização norte-americana de usar apenas dois-três complexos. Isto reduzirá a arrogância do inimigo por um prazo bem longo", adiantou.

Em 2017, a administração estadunidense aprovou as entregas de armas a Kiev, inclusive de complexos antitanque móveis Javelin. Alguns dias atrás, o representante oficial do Departamento de Estado dos EUA comunicou que os equipamentos já tinham sido entregues à Ucrânia.

A Rússia, por sua vez, avisou várias vezes Washington de não dar tal passo, pois isto levaria apenas a uma escalada maior em Donbass.

Postar um comentário

Postagens mais visitadas