Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Empresa chinesa faz peças para F-35? Revelação surge em meio a polêmicas envolvendo Huawei

Em meio à briga contínua entre os EUA e a gigante tecnológica chinesa Huawei, classificada como ameaça à segurança por Washington, verificou-se que uma subsidiária com sede no Reino Unido de uma companhia chinesa fabrica peças para os jatos americanos F-35.
Sputnik

Trata-se da companhia chinesa Exception PCB, com sede no condado britânico de Gloucestershire, que fabrica placas de circuitos que controlam os motores, iluminação, combustível e sistemas de navegação dos caças F-35 – o sistema de armas mais caro já feito.

De acordo com a emissora britânica Sky, citando materiais divulgados pelo Ministério da Defesa do Reino Unido, a empresa que fabrica componentes para os caças da Lockheed Martin foi comprada em 2013 pela companhia chinesa Shenzhen Fastprint, que inclusive já participou da fabricação de caças Eurofighter Typhoon e de helicópteros de ataque Apache.

"A Exception PCB, com sede em Gloucestershire, fabrica placas de circuito impresso que controlam muitas das principais capacid…

Exército sírio ataca posições do Daesh com sistema de foguetes Golan-1000 (VÍDEO)

O Exército da Síria desferiu um sério golpe nas linhas defensivas do Daesh lançando seu novo sistema de foguetes Golan-1000 contra os terroristas.


Sputnik

Como mostra o vídeo, as munições do sistema lança-foguetes sírio Golan-1000 atingem as linhas defensivas do Daesh (grupo terrorista proibido na Rússia e outros países) algumas horas antes da organização terrorista concordar em baixar as armas e entregar suas últimas fortificações no campo de Yarmouk, em Al Hajar al-Aswad e al-Tadamon.


Resultado de imagem para Golan-1000
Golan 1000 | Reprodução

Mais cedo nesta semana, o Centro Russo para a Reconciliação na Síria informou que o Exército da Síria estava libertando o bairro de Muhayam al-Yarmouk em Damasco dos militantes do Daesh.

"Como resultado de uma operação conjunta de nossas forças armadas e aliados, Al Hajar al-Aswad e os territórios vizinhos foram completamente libertados dos terroristas", afirmou o Exército sírio em um comunicado.

O campo de Yarmouk foi estabelecido em 1957 nas proximidades de Damasco para receber refugiados palestinos. Desde o começo da guerra civil na Síria, o local se tornou um reduto de terroristas. Uma operação antiterrorista no campo foi anunciada em abril.


Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas