Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Putin ameaça retaliar se EUA instalarem mísseis na Europa

Em seu discurso sobre o estado da nação, presidente russo faz ataques a Washington e promete apontar seu arsenal para os Estados Unidos e para o continente europeu se mísseis americanos atravessarem o Atlântico.
Deutsch Welle

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, alertou nesta quarta-feira (20/02) que seu país responderá a um possível envio de mísseis americanos à Europa, fazendo com que não apenas os países que receberem esses armamentos se tornem alvos, mas também os Estados Unidos.


Em seu discurso anual sobre o estado da nação em Moscou, Putin elevou o tom ao comentar uma nova e potencial corrida armamentista. Ele afirmou que a reação russa a um possível envio seria rigorosa e que as autoridades em Washington – algumas das quais estariam obcecadas com o "excepcionalismo" americano – deveriam calcular os riscos antes de tomar qualquer medida.

"É o direito deles de pensar da forma que quiserem. Mas eles sabem fazer cálculos? Tenho certeza que sabem. Deixemos que eles cal…

Exército sírio encontra tanques e armamentos escondidos por radicais no norte de Damasco

O exército sírio relatou ter descoberto armazéns com tanques e veículos pesados escondidos, bem como munições e armamentos a durante a operação militar na região de Qalamoun oriental, comunicou a agência de notícias local SANA.


Sputnik

De acordo com a SANA, os armamentos apreendidos, incluindo tanques, mísseis, canhões de morteiros, rifles, metralhadoras, projéteis, RPGs (lança-granadas propulsado por foguetes), lança-foguetes de fabricação local e detonadores remotos, escondidos por combatentes dos grupos terroristas Jaysh al-Islam e Frente al-Nusra (proibida na Rússia e em vários outros países) foram descobertos em armazéns secretos nas montanhas de Batra e al- Rhaiba.

Soldado sírio passa ao longo dos armamentos que pertenciam aos rebeldes de Qalamoun oriental (foto de arquivo)
Militar sírio entre o armamento apreendido de terroristas © REUTERS / Omar Sanadiki

Anteriormente, ainda neste mês, as tropas governamentais sírias haviam encontrado um grande armazém de armamento, incluindo RPGs, morteiros, artefatos explosivos e armas automáticas nos subúrbios de Damasco e Jobar. Os armamentos teriam pertencido ao grupo terrorista Faylaq al-Rahman, que estava presente na área de Ghouta Oriental antes da chegada do exército sírio.

Nos mês passado, o exército governamental da Síria restabeleceu o controle da área de Qalamoun oriental depois de os militantes e suas famílias terem sido retirados do local.

Comentários

Postagens mais visitadas