Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Merkel: Esforços pelo desarmamento devem incluir EUA, Rússia, UE e China

A declaração da chanceler alemã ocorre em meio a um impasse entre Moscou e Washington, depois que os EUA anunciaram a suspensão do Tratado de Forças Nucleares de Alcance Intermediário (INF).
Sputnik

"O desarmamento é algo que preocupa a todos nós e é claro que ficaríamos felizes se essas conversas fossem realizadas não apenas entre os Estados Unidos, Europa e Rússia, mas também com a China", afirmou Angela Merkel na Conferência de Segurança de Munique, no sábado.


Comentando o assunto, o Ministro da Economia e Energia da Alemanha, Peter Altmaier, observou que o término do acordo poderia levar a uma nova corrida armamentista.

No início de fevereiro, Washington disse que estava suspendendo as obrigações previstas sob o Tratado INF. A Rússia respondeu da mesma maneira. Os EUA disseram que sairiam do tratado em seis meses, a menos que a Rússia voltasse a cumprir o acordo, mas Moscou refuta as alegações de violação do.

Washington também se mostrou favorável a um novo texto envolvendo t…

Expedição encontra submarino soviético naufragado durante 2ª Guerra Mundial

O submarino soviético Sch-405 do tipo Schuka (Lúcio) desapareceu durante a Segunda Guerra Mundial. Em 11 de junho de 1942, o submarino partiu do porto da cidade de Kronshtadt rumo à ilha de Lavansaari, atual Moschny, mas nunca chegou ao destino.


Sputnik

Uma expedição russa revelou o local do naufrágio perto da ilha de Seskar no golfo da Finlândia, informa o diretor da equipe Konstantin Bogdanov.


Submarino soviético Severyanka no oceano Atlântico (imagem referencial)
Submarino soviético Severianka no Oceano Atlântico © Sputnik / Fedorovsky

O líder da expedição Reverência aos barcos da Grande Vitória explicou que o submarino, que agora se encontra a 50 metros de profundidade, explodiu em 1942 por uma mina. O especialista adicionou que durante a inspeção foi descoberto que a proa do submarino foi arrancada.

Bogdanov assinalou que a expedição continuará até 9 de maio, quando na Rússia é celebrado o Dia da Vitória sobre a Alemanha nazista na Grande Guerra pela Pátria que faz parte da Segunda Guerra Mundial.

As expedições Reverência aos barcos da Grande Vitória são realizadas desde 2005 em lugares onde naufragaram barcos e submarinos soviéticos durante a Segunda Guerra Mundial. A iniciativa recebe apoio do Ministério da Defesa da Rússia e da Fundação de Subsídios Presidenciais. Desde então, foram encontrados mais de 10 embarcações.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas