Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Especialista: exército sírio deteve 300 militares franceses de diversas patentes

O presidente Vladimir Putin, em conversa com o presidente sírio Bashar Assad, em Sochi, declarou que, devido ao sucesso da luta antiterrorista das forças sírias e ao início do processo político, as tropas estrangeiras deveriam se retirar do território da Síria.
Sputnik

"A declaração de Vladimir Putin durante seu encontro com Bashar Assad, sobre a necessidade da retirada dos contingentes estrangeiros da Síria, arruína os sonhos dos agressores, que contam com a tentativa de realizar seus objetivos na região através de mercenários criminosos", disse à Sputnik Árabe Akram al Shalli, analista da Gestão Síria de Crise e Guerras Preventivas.

"Nas mãos do exército sírio há oficiais dos serviços de inteligência dos EUA, Grã-Bretanha, países árabes e Israel. Por exemplo, só o número de militares franceses de diversos escalões é de 300 pessoas. Notamos tentativas de exercer pressão sobre o governo sírio, inclusive para libertar os militares estrangeiros presos. Mas esses sonhos não p…

Forças Armadas da Alemanha pretendem ser 'defensoras da Europa'

A Bundeswehr (Forças Armadas da Alemanha) se concentrará na proteção do país e da Europa como reação aos novos desafios, declarou o porta-voz da Bundeswehr, Jens Flosdorff.


Sputnik

Flosdorff explicou que esta é uma "reação aos novos cenários como a guerra híbrida e os ciberataques".


Soldado alemão na base aérea da Bundeswehr em Renania-Palatinado
Militar alemão © AP Photo / Matthias Schrader

"O predomínio das missões estrangeiras atingiu a maior escala nos últimos 20 anos […], mas será equilibrado com as tarefas dedicadas a garantir a segurança do país e a promover a cooperação nas alianças", afirmou.

Recentemente o jornal Süddeutsche Zeitung informou que a ministra da Defesa da Alemanha, Ursula von der Leyen, está considerando possibilidade de reformar as Forças Armadas do país e que o respectivo projeto já existe.

Em particular, propõe-se preparar as Forças Armadas da Alemanha para repelir ameaças cibernéticas e garantir a segurança nacional e europeia.

Postar um comentário