Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

EUA criticam bombardeiros russos na Venezuela: "Nós mandamos navio-hospital"

O coronel Robert Manning, porta-voz do Departamento de Defesa dos Estados Unidos, criticou com veemência nesta segunda-feira o envio de bombardeiros russos à Venezuela e citou o envio de navio-hospital à região como exemplo do compromisso de Washington com a região.
EFE

Washington - "O enfoque dos EUA sobre a região difere do enfoque da Rússia. No meio da tragédia, a Rússia envia bombardeiros à Venezuela e nós mandamos um navio-hospital", declarou Manning durante uma entrevista coletiva realizada hoje no Pentágono.


O militar se referia com estas palavras ao USNS Comfort, que partiu em meados de outubro rumo à América Central e à América do Sul para oferecer ajuda sanitária aos milhares de refugiados venezuelanos amparados por diversos países da região.

"Enquanto nós oferecemos ajuda humanitária, a Rússia envia bombardeiros", lamentou Manning em referência ao envio uma esquadrilha de aviões russos, incluindo dois bombardeiros estratégicos T-160, capazes de carregar bomb…

Forças Armadas da Alemanha pretendem ser 'defensoras da Europa'

A Bundeswehr (Forças Armadas da Alemanha) se concentrará na proteção do país e da Europa como reação aos novos desafios, declarou o porta-voz da Bundeswehr, Jens Flosdorff.


Sputnik

Flosdorff explicou que esta é uma "reação aos novos cenários como a guerra híbrida e os ciberataques".


Soldado alemão na base aérea da Bundeswehr em Renania-Palatinado
Militar alemão © AP Photo / Matthias Schrader

"O predomínio das missões estrangeiras atingiu a maior escala nos últimos 20 anos […], mas será equilibrado com as tarefas dedicadas a garantir a segurança do país e a promover a cooperação nas alianças", afirmou.

Recentemente o jornal Süddeutsche Zeitung informou que a ministra da Defesa da Alemanha, Ursula von der Leyen, está considerando possibilidade de reformar as Forças Armadas do país e que o respectivo projeto já existe.

Em particular, propõe-se preparar as Forças Armadas da Alemanha para repelir ameaças cibernéticas e garantir a segurança nacional e europeia.

Postar um comentário

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas