Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Primeiro voo do Aero L-159T2

A Aero Vodochody realizou o primeiro voo do treinador a jato L-159T2 de dois lugares em 1º de agosto. O voo de 30 minutos foi conduzido pelos pilotos de testes da empresa Vladimír Kvarda e David Jahoda.
Poder Aéreo

A Força Aérea Tcheca encomendou três exemplares em 2016, que devem ser entregues até o final deste ano. As aeronaves L-159 são operadas pelas forças aéreas tcheca e iraquiana, pela empresa americana Draken International e, no passado, foram alugadas pela Força Aérea Húngara para treinamento de pilotos.

Estas novas aeronaves de assento duplo T2 têm uma fuselagem central e dianteira recém-construída e apresentam várias melhorias significativas, principalmente em equipamentos de cockpit e sistema de combustível, e são totalmente compatíveis com o NVG. Cada cockpit é equipado com duas telas multifuncionais e um assento de ejeção VS-20 atualizado. A aeronave também pode oferecer uma capacidade de reabastecimento sob pressão. O radar GRIFO, já em uso na versão de um único assento, a…

Governo argentino aprova pagamento de cinco jatos Super Étendard Modernisé (VIDEO)

Em 15 de maio de 2018 foi noticiado que o governo argentino acabou por aprovar um pagamento de US$ 12,55 milhões ao Tesouro francês pela compra de cinco jatos Super Étendard Modernisé (SEM).


Poder Aéreo

Além das aeronaves francesas da Marine Nationale (matrículas 1, 31, 41, 44 e 57), serão adquiridos oito motores sobressalentes e um simulador de voo.

As datas de entrega ainda são desconhecidas.

Super Étendard, da Aeronavale francesa
Super Étendard, da Aeronavale francesa

Todos os cinco aviões correspondem à versão “SEM 5”, a última das modernizações que foram aplicadas ao Super Étendard e que lhe permitiram continuar no serviço de primeira linha na França até 2015.

As primeiras notícias sobre a possível compra de jatos Super Étendard de segunda mão pela Argentina surgiram em 2009 e só agora em 2018 o negócio foi finalmente concluído.

Fabricado a partir de 1981, o Super Étendard serviu na Argentina, França e brevemente no Iraque entre 1983 e 1985. A República Argentina incorporou 14 desses aviões, e perdeu 3 em acidentes operacionais. A Aviação Naval da Marinha Francesa operou 71 Super Étendard até Julho de 2016, deixando a Marinha Argentina como a última do mundo a operar esta aeronave.

Os Super Étendard argentinos remanescentes, famosos por seu desempenho em 1982 durante o conflito das Malvinas/Falklands no Atlântico Sul entre a Argentina e o Reino Unido, estão há alguns anos fora de serviço.

A compra dos cinco aviões Super Étendard modernizados da França desencadeou uma disputa inesperada e intensa entre a Força Aérea e a Marinha Argentinas, que buscam ter a posse das aeronaves.


Postar um comentário

Postagens mais visitadas