Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Caça F-22 dos EUA faz pouso de emergência no Alasca

Nesta quarta-feira (11), um caça de quinta geração F-22 Raptor da Força Aérea dos EUA fez um pouso de emergência em uma base militar no Alasca, de acordo com a agência AP.
Sputnik

De acordo com a agência, a aeronave aterrissou na base de Elmendorf-Richardson, na cidade de Anchorage, devido a uma falha no funcionamento do chassi de aterrissagem.

As imagens do acidente divulgadas pelo Facebook demonstram que uma das rodas não saiu e a aeronave acabou pousando sobre sua asa esquerda.

O piloto saiu ileso. Entretanto, a porta-voz da Força Aérea dos EUA, Erin Eaton, informou sobre o início de uma investigação da ocorrência.

Outros acidentes

O avião F-22 é um caça bimotor monolugar produzido pela corporação norte-americana Lockheed Martin. A Força Aérea dos EUA conta com 186 aeronaves do modelo.

Em abril, foi registrada uma falha de motor em um F-22 durante a decolagem da base aérea de Fallon, como resultado a aeronave acabou caindo sobre a pista.

Outro acidente, que também ocorreu em abril, teve lu…

Hezbollah: Ataque de míssil da semana passada foi resposta à agressão de Israel na Síria

Hezbollah informou nesta segunda-feira que o ataque da semana passada foi resposta às ações de Israel da Síria.


Sputnik

Na semana passada, aviões de guerra israelenses atacaram supostas posições iranianas na Síria, disparando dezenas de foguetes contra o território sírio. Jerusalém alegou resposta aos supostos disparos realizados por iranianos a partir do território sírio.


Líder do Hezbollah, Hassan Nasrallah
Líder do Hezbollah, Sayyed Hassan Nasrallah © AFP 2018 / Anwar Amro

De acordo com o Ministério da Defesa da Rússia, 28 caças israelenses F-15 e F-16 realizaram os ataques, disparando mais de 60 mísseis ar-terra. Metade dos mísseis foi derrubada. Israel também disparou mais de 10 mísseis táticos terra-terra.

O líder do Hezbollah, Sayyed Hassan Nasrallah, afirmou que o ataque da semana passada ao território de Israel, nas Colinas de Golã, marcou o início de um "estágio completamente novo", informou a Reuters.

O Hezbollah é um movimento xiita baseado no Líbano, fundado na década de 1980 e que tem se envolvido repetidamente em conflitos militares com Israel. O grupo apoia o atual presidente sírio, Bashar Assad, que é um representante dos alauitas, uma minoria xiita síria.

O partido xiita Hezbollah é considerado pelos Estados Unidos, Israel e vários países árabes como uma organização terrorista. A União Européia também considera a ala militar do Hezbollah como uma entidade terrorista.

Postar um comentário

Postagens mais visitadas