Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Trump reconhece soberania de Israel sobre Colinas de Golã

Ao lado de Netanyahu, presidente dos EUA contradiz décadas de política externa e reconhece a soberania de Israel sobre o território, ocupado em 1967 e anexado em 1981. Síria vê ataque a sua integridade territorial.
Deutsch Welle

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, reconheceu formalmente nesta segunda-feira (25/03) a soberania de Israel sobre as Colinas de Golã, um território disputado com a Síria e que Israel anexou em 1981.

O governo do presidente sírio, Basahr al-Assad, respondeu de imediato e afirmou que a decisão é um ataque à soberania e à integridade territorial da Síria.

O decreto de reconhecimento foi assinado no início de um encontro com o primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, em Washington. Trump justificou a medida com as "ações agressivas" do Irã e de grupos "terroristas" contra Israel.

Netanyahu disse que se trata de um dia histórico e que Trump é o melhor amigo que Israel já teve.

Em Israel, o reconhecimento pode significar um forte i…

Homens das Forças Armadas fazem operação em comunidades da Praça Seca, na Zona Oeste do Rio de Janeiro

Duas pessoas foram presas em flagrante. Agentes apreenderam duas pistolas, quatro carregadores, munição e removeram duas barricadas e estouraram um bunker do tráfico.


Por G1 Rio

O Comando Conjunto da Intervenção na segurança do Rio fez uma operação na madrugada desta quarta-feira (30) nas comunidades Bateau Mouche e Barão (José Operário), na Praça Seca, na Zona Oeste do Rio.

Militares retiram barricadas em comunidade na Praça Seca (Foto: Reprodução / TV Globo)
Militares retiram barricadas em comunidade na Praça Seca (Foto: Reprodução / TV Globo)

Os militares prenderam duas pessoas em flagrante na comunidade Bateau Mouche por associação com o tráfico de drogas e drogas e armas foram apreendidas.

Os agentes apreenderam duas pistolas, quatro carregadores, munição e removeram duas barricadas e estouraram um bunker do tráfico.

Ao todo, 1.380 militares das Forças Armadas com apoio de blindados e aeronaves.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas