Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

China convoca embaixador dos EUA após sanção por compra de jatos russos

O Ministério de Relações Exteriores da China convocou neste sábado o embaixador dos EUA em Pequim para protestar contra a decisão de Washington de sancionar uma agência militar chinesa e seu diretor após a compra de caças russos e de avançado sistema de mísseis terra-ar.
Reuters

O vice-ministro das Relações Exteriores chinês, Zheng Zeguang, convocou o embaixador Terry Branstad para apresentar “representações severas” e protestar contra as sanções, disse a pasta.

Mais cedo, o porta-voz do Ministério da Defesa chinês, Wu Qian, disse que a decisão da China de comprar caças e sistemas russos foi um ato normal de cooperação entre países soberanos, e que os Estados Unidos “não tinham o direito de interferir”.

Na quinta-feira, o Departamento de Estado dos EUA impôs sanções ao Departamento de Desenvolvimento de Equipamentos da China (EED, na sigla em inglês) depois que o órgão se envolveu em “transações significativas” com a Rosoboronexport, principal exportadora de armas da Rússia.

As sanções est…

Intervenção militar é assunto do século passado, diz Etchegoyen

General não vê ninguém nas Forças Armadas pensando nisso


André Brito | Diário do Poder

O ministro do Gabinete de Segurança Institucional, general Sérgio Etchegoyen, disse que intervenção militar é “assunto do século passado”. “É uma pergunta que, do ponto de vista pessoal, não vejo mais nenhum sentido. Mas ainda existe alguém, algumas pessoas que acham que essa alternativa é possível”.

Sergio Etchegoyen disse que intervenção militar é coisa do século passado

A afirmação foi feita após reunião com o gabinete que acompanha a greve do caminhoneiros na tarde desta terça (29). O general destacou, entretanto, ser preciso compreender os motivos que fazem com que parte da sociedade enxergue a intervenção militar como a melhor solução. O ministro não descartou esse tipo de manifestação como ação de “oportunistas” que impedem a retomada da normalidade.

A reunião do Grupo de Acompanhamento da Normalização do Abastecimento contou com a presença de ministros de diversas áreas para debater o cenário atual e a evolução da paralisação dos caminhoneiros.

Postar um comentário

Postagens mais visitadas